O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    17 setembro 2015

    Por que tantas injustiças? DEUS trata as pessoas de maneira diferente??

    Seguidamente nos confrontamos com situações de desigualdade no mundo, situações desesperadoras a até mesmo no meio Cristão. Vemos pessoas sofrendo de diversas formas, padecendo fomes, necessidades, doenças... e muitas vezes questionamos até a soberania de DEUS.



    POR QUE DEUS PERMITE UMA COISA DESSAS????

    Quem nunca fez essa pergunta ou pensou a respeito disso, certo?

    ENTÃO POR QUE TANTAS PESSOAS SOFREM????

    Entenda a história dos 2 gatos e reflita à respeito:

    "Eu tenho 2 gatos de estimação e os AMO MUITO... chamam-se Barão e Sara.
    Ambos são meus, eles têm as mesmas oportunidades, recebem a mesma comida.... e como os amo, dou à eles liberdade dentro da minha casa.



    O Barão é um gato auto suficiente, gosta de estar na rua, passa a grande maior parte do tempo longe de casa, gosta de passar noites e madrugadas fora.
    Gosta de correr atrás das gatinhas, de subir no telhado, de caçar ratos, caçar passarinhos, conhecer lugares diferentes, demarcar territórios.
    Leva uma vida agitada, aproveita AO MÁXIMO a liberdade que dou à ele... mas essa liberdade gera consequências.

    Muitas vezes por estar na rua, ele pega chuva, passa frio, e tem que se abrigar em lugares estranhos.
    Então frequentemente ele aparece em casa doente.


    Na rua ele está sozinho, precisa brigar para se defender de outros gatos e de pessoas que tentam lhe fazer mal... e nessas brigas algumas ele ganha e também perde.
    Por isso ele geralmente é arisco, sente medo e desconfiança, já passou por muitas situações de risco, carrega consigo marcas e cicatrizes de vezes que se machucou.
    Ele aos poucos foi perdendo a confiança nas pessoas, foi deixando de ser dócil.

    Na rua, quando sente fome e não caçou nenhum rato, acaba por vezes comendo lixo, sobras, resto de comida dos outros, comida estragada e de má qualidade.... tomando água parada, água suja... e deixando de saborear a ração "premium" que tenho reservada pra ele.

    Por não comer bem, acaba ficando magro e até doente.
    Sua aparência, que outrora era linda, aos poucos tem se modificado.
    Seu pelo perde o brilho.... então quando ele aparece em casa, às vezes está irreconhecível!

    Quem vê o Barão na rua muitas vezes fica penalizado!!
    Acha que ele foi abandonado, que ele não tem um lar para onde buscar abrigo.
    Acha que eu não o amo, que não me importo com ele, que não sinto sua falta... mas não sabem que ele está longe de casa POR ESCOLHA PRÓPRIA.

    A Sara é diferente.

    Ela é caseira, busca estar sempre ao meu lado ou em contato visual comigo... me segue dentro de casa por onde eu vou.
    Se estou no sofá da sala, ela deita no meu colo para ganhar carinho... não tem um dia em que ela não relaxe com uma soneca nos meus braços.



    Perto de mim ela se sente segura, por isso ela é dócil com todos... ela é uma gatinha mansa, aceita ganhar carinhos.

    Se vou tomar banho, ela pede pra entrar no banheiro e me espera deitada no tapete.
    Por vezes aproveito e dou banho nela também... no início ela relutava um pouco, mas depois entendeu que não farei mal à ela, então ela deixa que eu a lave no chuveiro periodicamente. Como consequência, seu pelo vive limpo, tem um cheiro bom, é macio e muito brilhoso.

    Nos horários certos, dou ração da melhor qualidade pra ela... nem pouco para não deixar ela com fome, nem muito, para que não lhe faça mal. Sei a medida exata que a deixará satisfeita!!!
    Todas as vezes que ela tem sede, tem água no pote pra ela beber até se saciar.
    A água que ela toma é limpa e fresquinha, pois estou sempre trocando.
    Suas vacinas estão em dia e ela não tem doenças, pois não tem contato com o mundo externo ao nosso quintal.

    Por estar dentro da minha casa sob meus cuidados, ela vive bem, come do bom e do melhor e não lhe falta nada. Ela vai no quintal tomar um sol sim, mas sem sair de dentro do quintal da nossa casa... pois com o conforto e a proteção que ela recebe em casa, não sente falta nem vontade de estar na rua.

    Quando o BARÃO passa muito trabalho na rua, por vezes ele resolve buscar abrigo em mim e ficar em casa por um tempo.
    Fico MUITO FELIZ quando ele aparece em casa e vem me procurar, amo muito ele e me preocupo o tempo todo com sua situação na rua!!!
    Nesse período eu posso cuidar dele e dar bastante carinho.
    Dou um bom banho para lavar sua sujeira, pulgas, carrapatos e tirar o mal cheiro.
    Ponho remédio (que muitas vezes arde) para curar suas feridas, dou uma ração especial reforçada para compensar sua desnutrição e dou água limpa para ele beber.

    A ÚNICA COISA que eu NÃO FAÇO é trancafiar eles dentro de casa.... espero que eles realmente QUEIRAM FICAR pela própria vontade.

    Ofereço AMOR, CARINHO, PROTEÇÃO E CUIDADOS aos meus 2 gatos da mesma forma, mas vai depender deles se vão querer usufruir disso ou não."

    Essa mesma história dos gatos se repete entre nós e Deus.

    Vamos ver o que Deus nos fala na bíblia sobre isso nessas passagens abaixo:

    "Não andeis, pois, inquietos (sem fé e sem confiança em Deus), dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (preocupações normais de qualquer ser humano).
    Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de TODAS estas coisas;
    Mas, buscai primeiro (vc deve buscar as outras coisas - trabalhar - estudar - mas buscar à Deus primeiro) o reino de Deus, e a sua justiça, e TODAS estas coisas vos serão acrescentadas."
    (Mateus 6:31-33)

    "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. (pastagens para ovelhas quer dizer sustento no âmbito geral)
    O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com ABUNDÂNCIA.
    Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. (João 10:9-11)

    "Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez (problemas financeiros), ou o perigo, ou a espada?
    Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
    Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
    Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 8:35-39)

    CONCLUSÃO:

    Muitas vezes passamos por certas situações por estarmos vivendo longe do nosso Pai.
    Vivemos com uma falsa sensação de liberdade, de que podemos fazer o que quisermos, de que se privar de prazeres é bobagem, que inferno não existe, que Deus mora no nosso coração independentemente de como vivemos e que Deus não quer o mal de ninguém.

    E certamente muitas derrotas que sofremos na vida são consequência de estarmos vivendo como o gato Barão, na rua, a própria sorte e longe da casa do pai.

    Ao invés de nos queixarmos dos nossos problemas, precisamos buscar estar perto de Deus.
    De que forma?
    Obedecendo sua palavra - Bíblia - que foi deixada para nos guiar e dar livramento aqui na terra.
    Deus nos ama, quer o nosso bem, quer nos abençoar e nos fazer felizes, mas ele não interfere no nosso livre arbítrio, não obriga ninguém à ir na igreja, receber seu alimento (a palavra de Deus) e
    andar de acordo com os seus ensinamentos.

    "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16:33)

    Deus não promete que o seguindo não teríamos problemas, mas sim que ele estaria lutando essas batalhas ao nosso lado, e que dessa forma venceríamos.

    A Bíblia diz;
    “Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos.” (1 João 5:3)

    Para recebermos a proteção e a providência de Deus, antes precisamos abrir mão da nossa vontade de "estar na rua", de fazer o que bem entendemos, de viver da maneira que achamos mais cômoda e buscarmos andar verdadeiramente de acordo com a vontade do nosso Senhor, que fez os céus e a terra, nos ama acima de tudo e tem poder para fazer muito mais do que podemos pedir ou pensar.

    Paz.

    Por Leonardo Souza

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença