O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    17 setembro 2015

    Estado Islâmico diz que infiltrou 4 mil jihadistas entre refugiados


    A ideia é em breve lançar um ataque contra os governos que combatem o grupo terrorista no Iraque e na Síria

    Os países que aceitaram receber os refugiados sírios vão conviver com o medo, pois um operador do Estado Islâmico afirmou que o grupo terrorista infiltrou 4 mil soldados entre as pessoas que pedem asilo na Europa.
    A declaração foi dada ao “BuzzFeed” e o soldado ameaçou sorrindo: “Apenas espere”. O EI fala de uma vingança contra os países da União Europeia e contra os Estados Unidos por conta dos ataques no Iraque e na Síria, uma tentativa dos países de controlar os terroristas.
    O jornal “Daily Mail” informou na semana passada que polícia francesa tem buscado nos acampamentos para refugiados um homem apontado como membro do Estado Islâmico. As buscas estão “desesperadas” para impedir que ele recrute soldados e inicie novos ataques no país que já foi vítima de atentados no começo deste ano.
    “É nosso sonho que haja um califado não só na Síria, mas no mundo inteiro”, disse. “E vai ocorrer em breve”, disse o homem que não foi identificado.
    As nações que mais abrigam sírios são a Alemanha e a Suécia, mas há outros países abrindo suas portas para os mais de 1 milhão de refugiados que tentam escapar da guerra na Síria.
    O soldado que comentou sobre os ataques que acontecerão em breve na Europa garante que apenas os governantes serão atingidos e não os civis.

    Gospel Prime

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença