O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    10 setembro 2015

    Assembleia de Deus da Madureira libera divórcio, inclusive para pastores e líderes


    A resolução foi ratificada em julho deste ano no congresso da CONAMAD (Convenção Nacional das Assembleias de Deus Ministério Madureira), que ocorreu em Brasília, e foi assinada por um grande número de pastores assembleianos.
    A resolução diz “O ideal divino para o casamento é que ele seja uma união para a vida toda.” Mas então pondera que devido a violência, adultério, abusos físicos e psicológicos bem como abandono emocional ou espiritual podem fazer com que seja “imperiosa a dissolução do matrimônio” e “admite o divórcio e nova núpcia.”
    Com a resolução, a Assembleia de Deus da Madureira tenta conter a enxurrada de escândalos de separação, onde líderes de renome deixaram suas esposas em troca de mulheres mais jovens.
    Não se sabe o que foi que essa denominação fez com a passagem da Bíblia que diz:
    “É fundamental, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só esposa, equilibrado, tenha domínio próprio, seja respeitável, hospitaleiro, capacitado para ensinar.” (1 Timóteo 3:2 King James Atualizada)
    Mas a liberação do divórcio para pastores e líderes não é o primeiro escândalo da Assembleia de Deus da Madureira. O líder máximo dessa denominação, o bispo vitalício Manoel Ferreira, apoiou Lula e Dilma nas suas duas eleições presidenciais.

    Lula discursando na Assembleia de Deus da Madureira
    Há também o escândalo de pastores assembleianos que, segundo o Portal Padom, teriam recebido dinheiro de propinas da Petrobrás.
    Outro escândalo importante é o envolvimento de Ferreira com o falso messias Rev. Moon.
    Esses escândalos provam que a denominação dele anda divorciada de Deus já há algum tempo.
    A única coisa certa que Ferreira andou fazendo foi questionar a fé evangélica da então candidata presidencial socialista Marina Silva. Seguindo o exemplo dele, por que não também questionar Ferreira e suas incoerências, oportunismos e apostasias?
    Se a Assembleia de Deus da Madureira quer voltar a ser uma igreja que prega e pratica a Palavra de Deus, precisa se arrepender e se divorciar de seus pecados e escândalos, que já clamam ao Céu. Precisa se arrepender de seu divórcio e recasar com Deus.
    Lugar de pastor ligado a Lula, Dilma, Rev. Moon, propinas e divórcio e recasamento não é no púlpito. É no banco, para ouvir a Palavra e ser liberto.
    Com informações do Portal Padom.

    Extraído do blog Julio Severo

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença