quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Um câncer chamado comunismo: O êxodo de colombianos que abandonam a Venezuela com a vida nas costas


Desde o fechamento de postos de fronteira entre Colômbia e Venezuela na última sexta-feira, o rio Táchira transformou-se numa dura travessia entre os dois países.

Centenas de colombianos, muitos sem documentos, retornam ao seu país diante da ameaça de uma possível deportação por parte do governo venezuelano.

Eles carregam todos seus pertences nas costas.

Nesta quarta-feira, as chanceleres dos dois países se reuniram e prometeram um plano conjunto de segurança na fronteira, mas não chegaram a um acordo quanto à reabertura dos postos fronteiriços ou à contenção das deportações. Só disseram que os temas serão discutidos em novas reuniões nos próximos dias.

O fechamento da fronteira foi decidido por Caracas na semana passada, depois que três soldados venezuelanos foram feridos a tiros - e o presidente Nicolás Maduro responsabilizou pelo episódio paramilitares supostamente ligados ao ex-presidente colombiano Álvaro Uribe.

Desde então, várias centenas de colombianos vivendo na Venezuela foram expulsos do país. Segundo Caracas, trata-se de uma ofensiva contra o contrabando e a atividade de quadrilhas na região. Algumas casas de colombianos foram pintadas com a letra "D", o que significa que elas deverão ser demolidas.

ONGs venezuelanas denunciaram que alguns dos deportados tiveram seus direitos humanos violados.

O contrabando de combustível e produtos básicos tornou a região de fronteira um foco constante de tensão social nos últimos anos. Muitos colombianos supostamente compram os produtos a preços altamente subsidiados na Venezuela para revendê-los na Colômbia.

BBC 
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.