Últimas Notícias

Últimas notícias

O câncer da igreja: Sinais da apostasia deste século


A profecia, o sinal da trágica apostasia não está somente escrita, pois podemos presencia-la hoje e ver que está estampada em ações e no cotidiano da igreja contemporânea.
Nem menciono o fato de que as denominações não tenham um alimento sólido para dar a igreja, mas sim que elas nem alimento possuem mais, pois a escassez da verdade tem feito com que líderes sustentem multidões através de um alimento adulterado. Para estas multidões este alimento adulterado é mais saboroso e mais prazeroso para ser degustado no dia-dia e nisso elas não se dão conta da doença que estão atraindo para si e como sub produto desta doença, obviamente vem a ''morte.'' 
O site O CORREIO DE DEUS veio falar que está voltando, e que mais do que nunca irá explorar este fato, a Apostasia que anteriormente havia sido profetizada por nossos irmãos que faziam parte da igreja primitiva e que hoje é presenciada por nós. Segue um vídeo para que os irmãos possam refletir um pouco sobre esse tema a luz das escrituras.

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. (2 Tessalonicenses 2:3,4)



Texto: Cezar S D S Scholze
Vídeo: Alexandre Rodrigues

O CORREIO DE DEUS

Nenhum comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

SITE O CORREIO DE DEUS

Curta no facebook

Diversas

randomposts

Lula deve ser preso? Sim ou não?

Quem será seu presidente em 2018?

Comentários Recentes

recentcomment

Parceiros