BEIRUTE (Reuters) - Militantes do Estado Islâmico demoliram um monastério na província de Homs, no centro da Síria, disse nesta quinta-feira um grupo que monitora o conflito, em uma cidade localizada estrategicamente que o grupo jihadista tomou do governo no início deste mês.

O grupo também transferiu várias dezenas de cristãos, capturados durante a sua ofensiva, para um local perto de sua fortaleza no nordeste da Síria, afirmou o grupo de monitoramento.

Militantes usaram escavadeiras para destruir o mosteiro na cidade de Qaryatain, que eles haviam tomado no início de agosto, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, baseado na Grã-Bretanha.

Aviões de guerra do governo ainda alvejavam a área com ataques aéreos, duas semanas após o Estado Islâmico tomar a cidade, disse o observatório.

Qaryatain está perto de uma estrada que liga a antiga cidade romana de Palmyra às montanhas Qalamoun, ao longo da fronteira com o Líbano.

O grupo militante radical vem ganhando terreno nas áreas desérticas a leste e sul de Homs, depois que tomou Palmyra em maio.

(Reportagem de John Davison)

Reuters

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.