Os Estados Unidos estão ameaçados de, nos próximos anos, sofrerem o que pode ser a pior catástrofe natural de sua história. Tudo por conta de uma falha geológica que não é tão estudada, mas tem 1,1 mil quilômetros e uma força avassaladora.

Enquanto especialistas se debruçaram sobre a falha de San Andreas, que corta a Califórnia de norte a sul, pouco se falou sobre a falha submarina de Cascadia, que começa no Canadá e vai até o norte californiano. Ela é capaz de provocar tremores como os que arrasaram parte do Japão em 2011.

O que especialistas garantem é que Cascadia deve entrar em atividade nas próximas décadas. A expectativa é de uma ruptura na falha geológica que provoque uma destruição sem precedentes nos estados de Washington e Oregon. Segundo eles, seria a maior catástrofe natural vivida nos EUA.

Na tentativa de acalmar a população após artigo sobre Cascadia publicado na revista The New Yorker, Timothy Walsh, do Serviço Geológico do Estado de Washington, crê que as previsões sobre terremotos não são ciência exata e podem “ocorrer hoje mesmo ou dentro de vários séculos”.

Por conta da ameaça, porém, as autoridades já começam a se movimentar. Em 2016, Washington, Oregon e Columbia Britânica — essa última uma província canadense — passarão por uma simulação gigante de terremoto e tsunami. Assim, acreditam especialistas, as pessoas terão mais saídas no caso de uma catástrofe real acontecer.

Yahoo notícias
Marcadores:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.