terça-feira, 14 de julho de 2015

EUA devem autorizar transgêneros a servir o Exército


O secretário de Defesa dos EUA fez o anúncio nesta segunda-feira

O secretário de Defesa dos EUA, Ashton Carter, anunciou nesta segunda-feira (13) que o Pentágono está finalizando um plano para autorizar transgêneros assumidos a servir as Forças Armadas norte-americanas a partir do início do ano que vem.

"Numa época em que nossas forças aprenderam, por experiência, que a qualificação mais importante é ser capaz e estar disposto a fazer seu trabalho, oficiais e soldados são confrontados com certas regras que lhes dizem o oposto", disse o secretário.

"Além disso, temos soldados, marinheiros, aviadores e marines transgêneros -verdadeiros americanos, patriotas- que estão sendo prejudicados por uma abordagem ultrapassada, incoerente e contrária a nossos valores de mérito individual", acrescentou.

Carter fez o anúncio ao divulgar um memorando sobre o novo protocolo do Departamento de Defesa para lidar com pessoas transgênero, pelo qual qualquer militar que se identifique desse modo passará a ter sua dispensa avaliada pelos altos escalões do departamento.

Segundo o jornal "The New York Times", estima-se que haja atualmente cerca de 15 mil transgêneros não declarados nas Forças Armadas americanas, e a Casa Branca tem pressionado o Pentágono a revogar a proibição.

Em 2011, o governo de Barack Obama já havia derrubado a lei do "não pergunte, não conte", que impedia a prestação de serviços de militares abertamente homossexuais.

Folhapress
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.