quarta-feira, 22 de julho de 2015

Estado Islâmico ameaça cristãos em Jerusalém


No final de junho, os cristãos em Jerusalém ficaram alarmados com os panfletos assinados pelo “Estado Islâmico (EI) do Emirado Jerusalém”, exortando-os a deixar a cidade antes do final do Ramadã ou seriam abatidos – com exceção daqueles que defendessem o islã.

De acordo com informações locais, nem todos receberam o panfleto - o que levantou suspeita da origem da ameaça, se realmente vinha do EI ou de algum grupo de agitadores. A questão agora é saber quem está por trás destes panfletos e se as palavras ameaçadoras vão se tornar em ações, já que, de fato, Israel está na agenda dos radicais islâmicos.

Henriette, analista da Portas Abertas, adverte: “O Estado Islâmico quer capturar Damasco, em seguida Jerusalém, e depois Roma. Eles querem expandir a sua influência, se aproximando de Israel. Já atacaram soldados egípcios no Sinai, perto da fronteira com Gaza e estão se aproximando da fronteira com Israel”.

Ele acrescenta: "Além dos panfletos, há outros fatores que se destacam – os muçulmanos ganharam a simpatia de Israel, cristãos palestinos afirmam que a presença deles na região é cada vez mais constante e que muitos territórios palestinos estão reagindo de forma mais agressiva”. E conclui: “O bispo ortodoxo grego, Sebastia Atallah Hanna, disse que leva à sério essas ameaças, mas ele afirma corajosamente – ‘Vamos ficar em Jerusalém e na Palestina, os cristãos não estão com medo!’ Espero que todos os cristãos vivam inspirados de palavras corajosas como estas”.

Fonte: Portas Abertas Internacional
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.