Integrantes do grupo terrorista Estado Islâmico voltaram a chocar o mundo com suas execuções. A vítima da vez foi um grupo de homens acusados de “crimes com o Islã” por serem homossexuais. As execuções aconteceram na cidade de Mossul, no Iraque.

As imagens divulgadas pelo jornal britânico Daily Mail — que não informa a data exata das execuções — mostram um homem sendo segurado pelas canelas pelos jihadistas momentos antes de ser jogado de um prédio de 30 metros. Após não morrer na queda, a vítima foi apedrejada até a morte por uma multidão que acompanhava a execução.

Essa não é a primeira vez que os jihadistas executam homossexuais os arremessando de prédios. A diferença é que, nas últimas vezes que isso foi registrado, as vítimas estavam vendadas e eram simplesmente empurradas. Como é praxe em suas práticas, porém, o EI resolveu piorar a execução e adicionar mais crueldade ainda.

Não satisfeitos com a prática de pendurar uma pessoa pelas canelas do topo de um prédio, os jihadistas ainda preparam a execução para caso ela não aconteça na queda. Para isso, “disponibilizam” pedras no entorno do edifício e montam um verdadeiro palco para que civis terminem a execução, como aconteceu neste caso.

Daily Mail

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.