O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    12 maio 2015

    Novo terremoto com 7,3 graus atinge o Nepal nesta terça


    AFP

    Quem vive no Nepal passou por momentos de pânico nesta terça-feira (12) durante um novo terremoto, de magnitude 7,3, que atingiu o país, devastado por um forte tremor em 25 de abril. Pelo menos 16 pessoas morreram. Outras 335 pessoas ficaram feridas, informou o Centro Nacional de Operações de Emergências.

    Os habitantes da capital nepalesa correram para as ruas no momento do terremoto, que durou quase um minuto e começou às 12h35 locais. O epicentro foi registrado perto da fronteira com a China, 76 km ao leste de Katmandu e a apenas 18,5 km de profundidade, segundo o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS).
    O terremoto também foi sentido na região Norte da Índia, especialmente em Nova Délhi, onde os imóveis tremeram e as pessoas correram para as ruas.

    O fenômeno, que meia hora depois provocou um tremor secundário de 6,3 graus, segundo o USGS, acontece 17 dias depois do terremoto de 7,8 graus que deixou quase 7.800 mortos no Nepal.

    "De acordo com informações que recebemos do local,16 pessoas morreram vítimas do desabamento de edifícios", afirmou Paul Dillon, porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

    As mortes aconteceram no distrito de Chautara, ao leste de Katmandu, em grande parte devastada pelo terremoto de 25 de abril.

    O terremoto desta terça-feira provocou o acionamento das sirenes de emergência.

    "Nós sentimos e logo vimos que as pessoas começavam a correr", afirmou Suresh Sharma, que estava em uma feira no momento do terremoto.

    "Fiquei com muito medo e foi difícil sair", completou o homem de 63 anos.

    "Quando aconteceu o grande terremoto (de 25 de abril) saí correndo de casa e consegui escapar. Este terremoto foi como aquele. Não consigo acreditar que voltamos a passar por isto".

    Moradores aterrorizados

    Apesar do tremor desta terça-feira (12) não ter sido tão intenso como o de 25 de abril, muitos moradores estavam em pânico com a possibilidade de desabamento dos imóveis, já fragilizados pelo terremoto anterior.

    As autoridades nepalesas anunciaram o fechamento do aeroporto internacional de Katmandu.

    Pramita Tamrakar, que acabara de reabrir a loja de móveis que a família administra, afirmou que ao sentir o tremor saiu correndo para a rua com os filhos, de 8 e 12 anos.

    "Pensávamos que os tremores haviam parado e que poderíamos voltar a trabalhar", explicou a mulher.

    "Não entendo o que acontece. Ouvi as notícias anteontem, o risco era pequeno, não voltaria a acontecer... E agora tivemos um grande terremoto. Estou com muito medo. Meus filhos estão com muito medo", completou.

    A polícia nepalesa fez um apelo para que a população permaneça nas ruas e tente evitar saturar a rede de telefonia celular.

    "Por favor permaneçam em espaços abertos, nos ajudem a manter as vias acessíveis, não saturem a rede de telefonia. Sugerimos que usem SMS", afirma uma mensagem da polícia em sua conta no Twitter.

    O Centro Nacional de Operações de Emergência também usou a rede social para um apelo: "Rezem ao Todo-Poderoso para que mantenha a salvo todos os nepaleses nestes momentos difíceis".

    Atualizada ás 07h59

    O tempo

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença