O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    10 fevereiro 2015

    A luta de um Cristão e quais as armas que devemos usar nesta luta


    Tenho tido uma grande dificuldade com um novo movimento de ‘’cristãos’’ que acham que podem fazer justiça com as próprias mãos, se defendendo com armas. 


    Bom, primeiramente venho dizer que nós cristãos não somos como os ímpios que revidam com violência atrocidades cometidas por ímpios que não conhecem a verdade. Desde sempre os cristãos padeceram por pregar a verdade do evangelho, padeceram morrendo das maneiras mais macabras e dolorosas que um ser humano possa morrer simplesmente por não negarem a fé e defenderem a boa doutrina pregada por Cristo que se baseia no amor e na justiça divina que é de CRISTO. 

    Mas de uns dias pra cá reparei o crescimento no numero de cristãos que estão dispostos a pegar em armas para defender seus ideais e defender-se de ataques como é o caso dos cristãos no Oriente Médio que vem sofrendo ataques de grupos radicais Islâmicos. 
    Na época de CRISTO antes da sua crucificação foi cogitado por parte dos apóstolos guerrear contra os opositores de CRISTO mas qual foi a resposta de CRISTO mediante a esta ideia absurda? Já pensou se CRISTO tivesse permitido que a multidão que o seguia fizesse guerra contra os homens da guarda real? Mas havia algo muito além de uma guerra física, as escrituras precisavam se cumprir e CRISTO precisava morrer sofrendo na cruz do calvário para que tudo se cumprisse. E hoje ainda se é necessário que se complete o numero de mártires, mas infelizmente poucos são os que querem cumprir esta palavra e esta missão. 
    Surgiu uma notícia de que os cristãos fizeram uma milícia armada para combater o Estado Islâmico. Há algo de glorioso nisso? Certamente não, pois quem já leu as escrituras como eu sabe discernir que ‘’quem mata pela espada pela espada morrerá como disse o próprio SENHOR JESUS CRISTO.’’ 

    Esqueceram-se do que CRISTO disse a Simão Pedro após com um golpe de espada ter arrancado a orelha do soldado Malco? E tem quem ache essa atitude gloriosa, mas faço aqui outra pergunta. Qual a diferença que tem estes cristãos de um grupo de ímpios guerrilheiros? Certamente nenhuma. Por isso que muitos tem perecido, pois anulam a verdade de DEUS e criam suas próprias fábulas dignas de julgo e que podemos chamar de loucura. Pois não digo isso por estar aqui em um lugar confortável, mas vos lembro de todos que morreram por amor ao evangelho mesmo sendo como ovelhas conduzidas ao matadouro como disse Paulo. Ninguém guerreou porque se assim fosse nem crucificado O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO teria sido e nisso as escrituras não teriam sido cumpridas. 
    Há muitos cristãos que acham que devemos nos defender não julgando ser justo que morramos pelo evangelho se preciso for, mas continuo perguntando. Foi justo o que fizeram com CRISTO na cruz do calvário? Foi justo o que fizeram com Paulo o decapitando? Foi justo o que fizeram com Pedro o crucificando de cabeça para baixo? E quando apedrejaram a Estevão, foi justo? 
    Todas as prisões que todos os apóstolos tiveram que suportar foi justo? Eu faço essa pergunta a todos os covardes que acham bonito pegar em armas para se defender! Nenhum destes homens morreram lutando a fio de espadas, mas por pregarem o evangelho da verdade e após CRISTO temos uma coisa em comum com estes outros homens. Somos todos cristãos, e cristãos não lutam a fio de espada mas morrem com CRISTO e em CRISTO e por CRISTO. A morte física nada é se não o passaporte para os lugares celestiais aonde não existe dor nem pranto nem injustiça. A justiça é de CRISTO, a vingança é de CRISTO no seu tempo. Por tanto não nos questionemos se é ou não justo morrer como mártires haja vista que se somos cristãos não nos importaremos em morrer por amor a verdade. Ou somos cristãos na prática mesmo que isso custe a morte ou não somos em nenhum momento. 
    Agora quero expor algumas verdades para que estes ‘’fariseus’’ que se intitulam cristãos aprenderem mais com a essência de CRISTO. 

    Eu começo expondo uma verdade;

    Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. (Efésios 6:11-12) 

    Nossa luta não é contra a carne e o sangue com espadas, armas de fogo e tudo quanto pode ferir o corpo humano, mas sim contra o mal nos lugares celestiais em espirito. Como combater este mal? Só tem como combater o bom combate única e exclusivamente através da oração e do empenho em estar firme na rocha do evangelho da verdade. 

    O homem mesmo quando estava na presença do CRISTO em carne não compreendia como foi o caso desta passagem logo abaixo;

    E eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, puxou da espada e, ferindo o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe uma orelha. 
    Então Jesus lhe disse: Mete a tua espada no seu lugar; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão. (Mateus 26: 51-52)

    Que homem fez isso? Podemos confirmar nesta outra passagem que relata a mesma história;

    Tornou-lhes então a perguntar: A quem buscais? e responderam: A Jesus, o nazareno.
    Replicou-lhes Jesus: Já vos disse que sou eu; se, pois, é a mim que buscais, deixai ir estes;
    para que se cumprisse a palavra que dissera: Dos que me tens dado, nenhum deles perdi.
    Então Simão Pedro, que tinha uma espada, desembainhou-a e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. O nome do servo era Malco.
    Disse, pois, Jesus a Pedro: Mete a tua espada na bainha; não hei de beber o cálice que o Pai me deu? (João 18: 7-11)

    Temos uma convicção, somos como ovelhas sendo levadas ao matadouro como disse Paulo. Ovelhas pegam em espadas para lutar? Certamente não, pois elas morrem quietas assim como CRISTO morreu sendo sacrifício perfeito para redenção dos nossos pecados. Se somos intimados a sermos imitadores de CRISTO, então que sejamos mesmo no âmbito da morte se assim tiver que ser.

    AO DEUS SEJA DESTINADA TODA HONRA E GLÓRIA

    Cezar S D S Scholze

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença