A União Europeia manifestou a sua disposição de reduzir as sanções anti-russas caso Moscou mude a sua posição sobre o crise na Ucrânia.

O anúncio foi feito pelo Serviço Europeu para a Acção Externa (SEAE), citado pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal na quarta-feira, 14 de janeiro.
Segundo o jornal, no documento trata-se da vontade da União Europeia de retomar as negociações com a Rússia sobre o regime de isenção de vistos, cooperação com a União Econômica Euroasiática, bem como sobre a situação na Líbia, Síria e Iraque.
O documento, segundo as jornalistas, mostra a disposição de reduzir as sanções caso os acordos de Minsk sobre a saída do crise na Ucrânia sejam cumpridos, bem como o acordo sobre fornecimento de gás a Kiev.

Nos próximos dias, o documento será entregue aos ministros das Relações Exteriores dos países-membros da União Europeia. Depois disso, os ministros vão discutir o assunto em Bruxelas, em 19 de janeiro.

Voz Da Rússia
Marcadores:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.