sábado, 17 de janeiro de 2015

Sinais do fim: Reino Unido terá sua primeira escola exclusiva para jovens LGBT


Uma organização de apoio a lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros no Reino Unido revelou nesta semana os planos de abrir a primeira escola para alunos LGBT, em Manchester. Foi na cidade ao Norte de Londres que uma jovem lésbica de 14 anos se suicidou recentemente, com medo de contar a seus pais sua orientação sexual.

De acordo com os planos, divulgados pelo jornal The Guardian, a escola atenderia a 40 alunos em tempo integral e a mais 20 em tempo parcial. O custo estimado giraria em torno de R$ 200 mil.

Amelia Lee, diretora da instituição de caridade LGBT Youth North West, explicou que a iniciativa pretende "de salvar vidas”:


- Apesar das leis que pretendem proteger gays da homofobia, a verdade é que, especialmente nas escolas, o bullying ainda é incrivelmente comum e faz com que os jovens se sintam isolados e alienados, levando muitas vezes até o pior caso cenários: o suicídio.
O projeto ganhou a permissão do Ministério das Comunidades e da prefeitura de Manchester. Os planos ainda preveem que estudantes que se matricularem em tempo parcial, de 20h semanais, terão a possibilidade de frequentarem escolas tradicionais, se assim desejarem.

No entanto, de acordo com Amelia, os tempos atuais ainda são difíceis para a inclusão de alunos LGBT em unidades convencionais:

- Podemos ter a esperança de que toda escola será inclusiva, ou também podemos reconhecer que não estamos lá ainda. E por isso, neste momento, precisamos de escolas especializadas.

O GLOBO
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.