quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Ebola se espalha em Serra Leoa e número global de casos ultrapassa 20 mil

Ambulância transporta novo paciente com Ebola até centro de tratamento nos arredores de Freetown, em Serra Leoa, na semana passada. 22/12/2014
Foto: Baz Ratner / Reuters
O vírus Ebola ainda está se espalhando na África Ocidental, especialmente em Serra Leoa, e o número global de casos da epidemia ultrapassou 20.000 registros conhecidos, afirmou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira. 

O número de mortos do surto, que tem se restringido principalmente na África Ocidental, subiu para 7.905, de acordo com a OMS, depois que 317 mortes foram registradas desde que os últimos dados foram divulgados em 24 de dezembro.

O número de casos conhecidos, incluindo fatalidades, chegou a 20.206 no fim deste ano, acrescentou.


Serra Leoa teve 337 dos 476 novos casos confirmados em laboratório desde 24 de dezembro, incluindo 149 casos em Freetown, a mais elevada incidência na capital da ex-colônia britânica em quatro semanas.

A necessidade urgente de assistência em Serra Leoa levou a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional a transportar via aérea duas ambulâncias de Monróvia, na Libéria, antes o pior foco da doença, para Freetown, afirmou a Organização das Nações Unidas.

No entanto, o número de casos em Serra Leoa ao longo de um período de três semanas ficou abaixo de 1.000 pela primeira vez desde 28 de setembro, sugerindo que a propagação da doença está diminuindo. Na vizinha Guiné, o total de três semanas subiu pela segunda semana para 346, indicando um avanço da epidemia naquele país.
publicidade

Já são nove os países que relataram casos de Ebola. Na Grã-Bretanha, uma enfermeira foi diagnosticada com o vírus nesta semana após voltar de Serra Leoa. Ela está sendo tratada com plasma sanguíneo de um sobrevivente do vírus e uma droga antiviral experimental, afirmou o hospital de Londres onde está internada.

O surto de Ebola eclodiu pela primeira vez na África Ocidental um ano atrás, quando um menino de dois anos morreu no sul da Guiné em 28 de dezembro, mas a epidemia só veio à tona em março quando a doença já havia se espalhado amplamente.

A crise de Ebola na África Ocidental deve durar até o fim de 2015, de acordo com o cientista Peter Piot que ajudou a descobrir o vírus em 1976 no antigo Zaire, atual República Democrática do Congo.

Terra

DeOlhOnafigueira
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.