domingo, 4 de janeiro de 2015

A nova ordem mundial e a cultura pró islamismo: Merkel defende unidade europeia e critica movimento xenófobo


Em discurso de Ano Novo, chanceler federal defende Europa unida e pede que alemães não se rendam a movimento anti-islâmico. Segundo ela, imigração é um ganho para o país.

A unidade da Europa é a chave para superar a crise na Ucrânia, diz a chanceler federal alemã, Angela Merkel, em seu discurso de Ano Novo, a ser pronunciado nesta quarta-feira (31/12) e que teve o texto antecipado à imprensa.
"Queremos a segurança na Europa junto com a Rússia, e não contra a Rússia", afirma a chanceler. Mas também é claro que "a Europa não pode e não vai aceitar o suposto direito de um mais forte, que viola o direito internacional", diz Merkel, referindo-se ao conflito no leste ucraniano.
Em resposta, destaca a chefe de governo, a Europa decidiu não se deixar separar, mas sim agir mais forte do que nunca como unidade, para defender seus valores e a paz.


Ameaça do "Estado Islâmico"

Em seu discurso, a chanceler também alerta para o perigo representado pela organização extremista "Estado Islâmico" (EI), que domina grande parte do Iraque e da Síria.
Neste ano, diz Merkel, o grupo terrorista "perseguiu e matou de maneira brutal todos aqueles que não se submeteram ao seu domínio". "O EI também ameaça nossos valores em casa", afirma a chanceler quanto à influência do grupo sobre a Europa.

Refugiados e imigrantes

Diante de guerras e conflitos mundo afora, Merkel garante que a Alemanha ajudará refugiados. O número atual de refugiados é o maior desde a Segunda Guerra Mundial, destacou, e muitos escaparam da morte.
"É claro que os ajudamos e acolhemos aqueles que aqui buscam refúgio", afirma. Segundo ela, é um elogio à Alemanha o fato de filhos de indivíduos perseguidos poderem ter crescido sem medo no país. A imigração, assinala, é um ganho para todos os alemães.

Alerta contra xenofobia

Com palavras claras, Merkel se se dirige no discurso aos membros do movimento anti-islã Pegida (sigla em alemão para "Europeus patriotas contra a islamização do Ocidente"), que protestam contra uma suposta "alienação" da Alemanha.
A chanceler pediu aos cidadãos alemães que não se deixem influenciar pelos organizadores do movimento, que, segundo ela, querem excluir pessoas a partir da cor da pele ou de religião diferentes.
"Por isso, digo a todos que participam desses protestos: 'Não siga aqueles que os convocam! Pois frequentemente eles têm preconceito, frieza e até mesmo ódio em seus corações'", diz Merkel.
A chefe de governo critica também o fato de os manifestantes se apropriarem do slogan "Nós somos o povo", do movimento civil da antiga Alemanha Oriental.

A união faz a força

No texto, Merkel encoraja os alemães para o ano de 2015, destacando o valor da união. "Também no ano que vem, deveríamos juntos fazer de tudo para fortalecer a coesão do nosso país", afirma.
Segundo a chanceler, isso faz a sociedade alemã ser humana e é a base para o sucesso do país. Assim, a Alemanha poderia encarar desafios futuros, como a revolução digital e o envelhecimento da população.
Para o posto de presidente do G7, em 2015, Merkel destaca no discurso seu engajamento pessoal a favor da proteção climática. Para isso, reitera ser preciso finalmente se chegar a novos acordos efetivos.

LPF/dpa/epd/afp/rtr
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.