O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    02 dezembro 2014

    Terremotos: Movimentos violentos de terra que trazem a morte


    Os terremotos continuam sendo um dos fenômenos naturais mais perigosos, capazes em poucos minutos transformar cidades em ruinas. O número de suas vítimas conta-se por centenas de milhares. Cientistas de todo o mundo estão à procura de métodos para prever catástrofes sísmicas. Mas por enquanto isso não é sempre possível.


    Os terremotos são vibrações bruscas da superfície da Terra. Muitos deles ficaram para sempre gravados na memória por terem produzido quantidades enormes de vítimas e danos colossais. O terremoto do Haiti em janeiro de 2010 foi reconhecido como o mais potente nos últimos 100 anos, matando 232 mil pessoas. Ao todo, em resultado do desenfreio da natureza, foram prejudicados vários milhões de habitantes daquele país do Caribe.

    Só desde o início do século XXI, cerca de 50 grandes terremotos ocorreram no mundo, principalmente na Ásia – no Japão e na China, e na América do Sul – no Chile, Haiti e Peru.
    A faixa sismicamente perigosa mais intensa passa na zona periférica do Pacífico. Nessa área ocorrem frequentemente tsunamis destruidores, porque os epicentros dos terremotos mais fortes se situam no fundo do oceano.
    A faixa do Mediterrâneo, outra zona altamente sísmica, atravessa a Eurásia desde o litoral do Atlântico – Portugal e Espanha, abraça toda a região do Mediterrâneo e a Europa do Sul e passa através das regiões alpinas da Ásia Central até o Pacífico.
    A maior faixa sísmica na Terra estende-se ao longo da África do Leste até o mar Vermelho, seguindo rumo às cordilheiras Pamir e Tian Shan e ao lago Baikal. Desde há muito que a vibração periódica do solo debaixo dos pés se tornou habitual para os habitantes daquelas regiões.
    Contudo, apesar desses conhecimentos, os sismos continuam sendo um dos fenômenos naturais menos estudados, diz um sismólogo, Oleg Starovoit:
    “Quanto aos mecanismos de terremotos e à sua natureza, aqui há mais perguntas do que respostas. Os terremotos são um processo casual, cuja origem não está estudada definitivamente, embora muitas coisas sejam conhecidas. Conhecemos, por exemplo, que a maioria dos terremotos ocorre nas fronteiras entre placas tectônicas que formam o nosso globo terrestre. Este é o mecanismo mais investigado de terremotos. Contudo, há sismos que ocorrem dentro de placas. Até hoje ainda não se sabe como decorrem esses processos e qual é a causa que origina seu deslocamento”.
    No que diz respeito à previsão de terremotos, hoje, segundo cientistas, está bem desenvolvido o sistema de prognósticos de longo prazo. Mas praticamente não estão por enquanto elaborados mecanismos de previsão de local exato, da hora e da força de terremotos. Cientistas de todo o mundo tentam resolver esse problema.
    Recentemente, investigadores russos descobriram uma ligação entre mudanças do campo elétrico da Terra e os terremotos. Mas essa teoria ainda deve ser comprovada, diz um físico e professor, Nikolai Budnev:
    “No fundo do lago Baikal está montada uma instalação que está medindo verticalmente componentes do campo elétrico da Terra. Um forte terremoto foi registrado em agosto de 2008, a 15 quilômetros dessa instalação. Durante a análise dos dados da nossa instalação descobrimos mudanças do campo elétrico que não foram marcadas antes ou depois. A nosso ver, essas mudanças foram precursoras do sismo. Mas não podemos comprová-lo antes que aconteça um outro terremoto”.
    Cientistas tentam revelar também certas regras que anunciam terremotos, por exemplo, uma ligação aos ciclos solares e lunares ou aos processos espaciais. Mas são apenas teorias que não assentam em provas firmes.

    Voz Da Rússia

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença