sábado, 20 de dezembro de 2014

Bolsa mensal para travestis é motivo de debate na Argentina (Se preparem porque no Brasil será a mesma coisa)


Proposta polêmica está em discussão há dois anos e prevê aposentadoria equivalente a R$ 2,4 mil a partir dos 40 anos de idade.

Na Argentina, um projeto de lei está dando o que falar. Parlamentares ligados ao governo querem instituir uma bolsa mensal para travestis com mais de 40 anos. Uma espécie de aposentadoria precoce, no valor de 8 mil pesos, cerca de R$ 2,4 mil. Quem tem os detalhes são os correspondentes, em Buenos Aires, Delis Ortiz e Rafael Sobrinho.
A proposta está na Câmera Legislativa de Buenos Aires há dois anos. Mas só nos últimos dias passou a ser discutida.

A deputada estadual Maria Rachid, que é aliada do governo de Cristina Kichner, é a autora do projeto, que ainda precisa passar por comissões antes de ser levado a plenário.


A nova lei prevê o subsídio mensal para travestis, transexuais e transgêneros com mais de 40 anos e que morem em Buenos Aires.

Ela afirma que o projeto tem como base estatísticas de organizações internacionais. A expectativa média de vida na América Latina é, em média, de 70 anos. Mas para travestis, transgêneros e transexuais vivem bem menos: de 35 a 41 anos.

Na Argentina, a maior parte desse grupo trabalha em atividade sexual - mais vulnerável à violência e a traficantes.

Na conta oficial, feita a partir da lei que, há dois anos, permitiu a mudança de registro da identidade de gênero, a Argentina tem 6 mil travestis, transexuais e transgêneros. A maioria vivendo no interior. Em Buenos Aires mesmo são apenas 400 pessoas.

Nas ruas da capital Argentina, muita gente concorda com a ajuda. Mas são contra o valor proposto - oito mil pesos mensais - cerca de R$ 2,4 mil.

“É disparate. Por que os aposentados estão ganhando 3,5 mil pesos e os travestis 8 mil pesos? Não pode ser”, comenta um homem.

“Os que trabalharam toda a vida não chegam nem perto disso”, reclama uma aposentada.

A advogada da organização que defende minorias e apoia o projeto, diz que a lei ampara quem sofre preconceito a vida inteira. E que os críticos a lei deveriam se colocar no lugar das vítimas.

Assim diz a palavra DO SENHOR;

Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. (Romanos 1:25-32)


JN
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.