quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

2.045 terremotos perceptíveis foram registrados neste ano


Índices anuais mostram que houve um crescimento no número de tremores perceptíveis desde a tragédia de 2011

O número de terremotos que foram sentidos durante o ano chegou a 2.045. Os dados, registrados até o dia 30 de dezembro, mostram que a quantidade de abalos sísmicos por ano cresceu em comparação ao período anterior ao terremoto que gerou a tragédia de 2011, segundo noticiou a NHK nesta quarta-feira (31).
Devido ao terremoto de 6,7 pontos na escala japonesa que ocorreu em Nagano no último mês, a Agência Meteorológica do Japão emitiu um alerta para que a população aumente o preparo habitual para possíveis abalos fortes.

Segundo informações da Agência, o número de abalos desde o terremoto do dia 11 de março de 2011 é de 10.357. Durante 2012, 3.139 terremotos foram sentidos, enquanto que 2013 terminou com o registro de 2.387 abalos sísmicos.
Embora a quantidade de terremotos em um ano esteja diminuindo, o número ainda é superior aos dados de até quatro anos atrás. No período de 2000 a 2010, a média de abalos por ano era de aproximadamente 1.790.
Além do forte terremoto que ocorreu em Nagano no mês passado, a costa de Fukushima também sofreu um abalo de 7 pontos em julho deste ano. Então foi emitido um alerta de possível tsunami nas províncias de Miyagi, Iwate e Fukushima.
Segundo a Agência, o fato de ocorrerem numerosos terremotos em todo o país faz com que haja a possibilidade de acontecer um grande abalo em qualquer lugar e a qualquer momento. Por isso, a Agência alerta a população para que se mantenha preparada para possíveis terremotos maiores.

Alternativa Online
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.