segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Gayzismo: Casamento homossexual proibido em 4 estados norte-americanos


O casamento entre pessoas do mesmo sexo vai continuar proibido nos estados norte-americanos do Kentucky, de Michigan, de Ohio e do Tennessee, depois de uma sentença proferida nessa quinta-feira (6) pelo Tribunal de Recurso do Sexto Circuito dos Estados Unidos.

O juiz Jeffrey S. Sutton, nomeado durante o governo do republicano George W. Bush, rejeitou as decisões de tribunais inferiores que consideravam inconstitucionais as leis dos quatro estados que proíbem o casamento homossexual.
O casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal em 32 dos 50 estados norte-americanos e no Distrito de Columbia e continuará a ser proibido no Tennessee, em Michigan e em Ohio, governados por republicanos, e no Kentuchy, governado por um democrata.

Jeffrey S. Sutton centrou a sua argumentação não na questão em si, mas em que instância tem a responsabilidade de decisão. Ele defendeu que a legalidade do casamento homossexual não pode ser determinada por um “tribunal intermediário” como o seu, mas sim pelo processo democrático do estado, “menos rápido, mas confiável”.
No dia 6 de outubro, o Supremo Tribunal recusou-se a pronunciar sobre a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em âmbito nacional e sobre recursos apresentados por cinco estados que pretendiam proibir essa união. A decisão por omissão possibilitou que os cinco estados - Virginia, Oklahoma, Utah, Wisconsin e Indiana – passassem imediatamente a autorizar esses casamentos.

O tempo
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.