sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Paciente com suspeita de ebola é internado em hospital de Washington


As autoridades sanitárias divulgaram nesta sexta-feira (3) que monitoram cerca de 50 pessoas por terem tido contato direto ou indireto com o primeiro paciente a ser diagnosticado com ebola nos Estados Unidos

O hospital da Universidade de Howard, em Washington, anunciou nesta sexta-feira (3) que internou um paciente com suspeita de contaminação pelo ebola.
O paciente voltou recentemente de uma viagem à Nigéria, segundo o hospital, e seu quadro é estável. "Num excesso de cautela, ativamos os protocolos de controle de infecção apropriados, incluindo o isolamento do paciente", disse a porta-voz da universidade, Kerry-Ann Hamilton, em nota.


Caso no Texas

As autoridades sanitárias norte-americanas divulgaram nesta sexta-feira (3) que monitoram cerca de 50 pessoas por terem tido contato direto ou indireto com Thomas E. Duncan, o primeiro paciente a ser diagnosticado com ebola nos Estados Unidos.

O CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças) e os agentes de saúde do Estado do Texas, onde Duncan está internado, chegaram a esse número após entrevistar cem pessoas que poderiam ter mantido algum contato com o paciente desde que ele começou a apresentar os sintomas da doença, em 24 de setembro.

Desses 50, dez são considerados casos de alto risco de contaminação. Entre eles estão parentes de Duncan e funcionários de saúde que atenderam o paciente. "A preocupação com a maioria é muito baixa", disse Beth Bell, do CDC, em teleconferência com jornalistas.

Essas pessoas são visitadas por agentes de saúde e têm sua temperatura medida duas vezes ao dia, além de serem questionadas sobre outros sintomas da doença. O monitoramento dura 21 dias (tempo de incubação do vírus). Quem apresentar algum sintoma da doença -febre, diarreia e vômitos- é imediatamente isolado.

Até agora, nenhuma delas apresentou sinais da doença. A namorada de Duncan, o filho dela e dois sobrinhos, que estiveram no mesmo apartamento em que Duncan ficou no fim de semana, foram postos em quarentena na quinta (2).

O local é monitorado por policiais, e eles não podem deixar o local sob risco de processo.
Na quinta-feira (2), em entrevista à CNN, a namorada, identificada como Louise, afirmou que o apartamento ainda não havia sido limpo e que os lençóis, toalhas e roupas usados por Duncan ainda estavam no local.

David Lakey, chefe do Departamento de Serviços de Saúde do Texas, confirmou a informação, mas disse que os pertences foram colocados em sacolas plásticas lacradas. Nesta sexta (3), o juiz Clay Jenkins, de Dallas, afirmou que esses sacos estão em um cômodo isolado da casa. A limpeza deve acontecer ainda nesta sexta.

Folhapress
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.