O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    08 outubro 2014

    Cumprindo profecia, Rio Zin renasce em pleno deserto do Negueve


    Depois de muitos anos de seca absoluta, Israel assistiu a mais um cumprimento profético, ao testemunhar o renascimento de um rio dos tempos bíblicos que há muitos anos tinha deixado de existir

    Israel é a “terra dos milagres”. Não porque haja intervenção humana - apesar do desenvolvimento e capacidades do povo judeu - mas porque Deus cumpre a Sua Palavra. 
    E as profecias bíblicas de há 2,5 mil anos atrás anunciavam que o Senhor ”abriria rios no deserto” de Israel, como prova da Sua eleição de Israel com o Seu povo: “Abrirei rios em lugares altos, e fontes no meio dos vales; tornarei o deserto em lagos de águas, e a terra seca em mananciais de água.” “Para que todos vejam, e saibam, e considerem, e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isto, e o Santo de Israel o criou.” Como está descrito no livro do profeta Isaías capítulo 41, versículos 18 e 20.

    Depois de muitos anos de seca absoluta, Israel assistiu a mais um cumprimento profético, ao testemunhar o renascimento de um rio dos tempos bíblicos que há muitos anos tinha deixado de existir. A população registrou esta bênção.
    As fortes chuvas que caíram em março deste ano nas montanhas subjacentes permitiram que grandes quantidades de água deslizassem pelas encostas e voltassem a percorrer o leito deste antigo rio Zin, já existente nos tempos do Velho Testamento.
    Segundo os peritos locais, esta grande quantidade de água é algo anormal na região, habituada a extremas e prolongadas secas. O rio Zin tem a sua nascente na região da cratera de Ramon - um impressionante sítio geológico localizado no topo do deserto do Negueve, e a 85 km ao sul da cidade de Berseba - indo desaguar no Mar Morto. 
    Foi exatamente neste local que os 12 espias judeus foram enviados por Moisés para espiar a Terra de Canaã:  “Assim subiram e espiaram a Terra desde o deserto de Zin...” (Números 13:21), sendo o rio Zin a marca da fronteira do território de Israel nos tempos bíblicos. 
    Este raro acontecimento comprova a fidelidade do Deus de Israel para com o Seu povo, pois Ele ”Converte o deserto em lagos, e a terra seca em fontes.” (Salmo 107:35)
    “O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto... porque águas arrebentarão no deserto e ribeiro no ermo. E a terra seca se tornará em lagos, e a terra sedenta em mananciais de águas...” (Isaías 35:1, 6 e 7).
    “Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. Os animais do campo me honrarão, os chacais e as avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao Meu povo, ao meu eleito. A esse povo que formei para Mim...”  (Isaías 43:19-21).
    Um vídeo amador que mostra a inundação de parte do Deserto de Negueve, em Israel, fazendo renascer o Rio Zin, já teve mais de 650 mil acessos desde o dia 14 de março, quando foi publicado no YouTube (http://youtu.be/bMm8wWNo7cA).
    O vídeo mostra um grupo de moradores da região que aguardam a chegada da água. Quando ocorre a inundação do leito do rio, é possível ouvir os gritos de comemoração das crianças. O renascimento do rio é anunciado por um forte ruído que pôde ser ouvido por um grupo de pessoas segundos antes de a água se aproximar.

    Diário do Estado MS

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença