No quadro de um novo projeto, dedicado à influência prejudicial da humanidade no clima, a ONU convidou conhecidos apresentadores de TV de previsões do tempo para a gravação de uma série de vídeos “Previsões do tempo a partir do futuro” (Weather reports from the future).

Meteorologistas comunicaram que os terrestres irão enfrentar nas próximas quatro décadas inundações e tormentas regulares e uma seca muito forte.
A Organização Meteorológica Mundial das Nações Unidas alertou para inundações e tormentas regulares e uma seca muito forte desde o Arizona até a Zâmbia no decorrer dos próximos quarenta anos, escreve The Guardian.
No quadro de um novo projeto, dedicado à influência prejudicial da humanidade no clima, a organização convidou conhecidos apresentadores de TV de previsões do tempo para a gravação de uma série de vídeos “Previsões do tempo a partir do futuro”. Tais grandes companhias como a Japan’s NHK, a US Weather Channel e a ARD da Alemanha participaram do projeto.

Assim, breves vídeos a partir do ano 2050 foram dedicados a uma catastrófica inundação na Flórida, com os meteorologistas a preverem uma plena submersão da cidade de Miami Beach e uma fortíssima seca no Arizona que provocará numerosas vítimas. Naquela região dos EUA, onde o recorde de temperatura de 45 graus centígrados foi fixado em 1916, a temperatura média em 2050 alcançará, na opinião de especialistas, 50 graus positivos.
Levando em consideração o perigo que encerra o aquecimento global, a Organização Meteorológica Mundial não exclui que essas “Previsões a partir do futuro” podem tornar-se realidade.
O efeito de emissão de gases de estufa, causado pela atividade humana, passou a acelerar notavelmente nos últimos 50 anos processos naturais de aquecimento global, tornando mais reais até “previsões de caráter catastrófico”, o que testemunham secas e inundações registradas ultimamente na Europa.



Voz Da Rússia
Marcadores:

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.