Segundo o órgão, as tentativas de controle sobre a doença não estão surtindo efeito no país; o atual surto de ebola já matou 1.089 pessoas, de 1.871 casos registrados na Libéria

A OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgou nesta segunda (8) que prevê milhares de novos casos de ebola na Libéria nas próximas três semanas.
Segundo o órgão, as tentativas de controle sobre a doença não estão surtindo efeito no país. "A transmissão do vírus ebola na Libéria já está intensa e o número de casos está aumentando exponencialmente", disse a OMS, em comunicado. Os países parceiros precisam multiplicar por três a ajuda humanitária enviada para produzir um efeito considerável sobre o surto, disse a OMS.


Na Libéria, país mais afetado, o atual surto de ebola já matou 1.089 pessoas, de 1.871 casos registrados. O número total da epidemia é 2.104 mortes em Libéria, Guiné, Serra Leoa e Nigéria.

De acordo com a OMS, 14 dos 15 condados da Libéria têm casos notificados da doença. "O número de novos casos está avançando mais rápido do que a capacidade de lidar com eles em centros de tratamento específicos para o ebola", disse o órgão.

Folhapress

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.