O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciará hoje (10) à noite, em pronunciamento, detalhes sobre o plano para combater o Estado Islâmico (EI) - a milícia mulçumana extremista que atua na Síria e no Iraque.

A expectativa sobre o discurso de Obama foi o principal assunto da imprensa norte-americana e de analistas políticos do país, desde o início da semana. Segundo a Casa Branca, o presidente vai explicar à nação por que a milícia representa "ameaça" para o país e como pretende enfraquecer e derrotar o grupo.

Nessa terça-feira (9), Obama reuniu-se com os principais líderes do Congresso para antecipar detalhes sobre o plano, que deverá ser executado por uma coalizão internacional. O país já antecipou que não vai enviar tropas terrestres para eventuais combates.


O pronunciamento do presidente ocorre um dia antes de completar 13 anos dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 contra as torres gêmeas do Word Trade Center, em Nova York. Quase 3 mil pessoas morreram em consequência dos atentados, que foram coordenados pela organização Al Qaeda. 

O governo americano vê a mílicia, que se autodenomina Estado Islâmico, como potencial ameaça não só para a região em que atua no Iraque e na Siria, mas também para o seu território.

No começo de agosto, Obama já tinha ordenado bombardeios aéreos sobre o Norte iraquiano, região que é dominada pelo grupo. Em retaliação, o EI decapitou dois jornalistas americanos que vinham sendo mantidos reféns pelo grupo.

O pronunciamento de Obama está marcado para as 21h (horário de verão americano) em Washington (22h em Brasília).Fonte:Correio Braziliense

Fique Atento

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.