O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    23 setembro 2014

    O verdadeiro semear de um Cristão


    Bom irmãos, como vocês mesmo tem presenciado nos últimos tempos, o semear dos cristãos tem se baseado em valores de dinheiro que em ''campanhas'' são estipulados pelos seus líderes.
    Uma coisa interessante me chama a atenção neste aspecto, será que o nosso semear se baseia mesmo em dinheiro? Será mesmo que DEUS nos retribuirá em ''dobro'' se irmos lá na frente quando um destes pregadores chamam e nos intimam a depositarmos a quantia que eles pedem?
    Não sou teólogo e também não sou tolo, pois sempre procuro nas escrituras a verdade com a convicção de que DEUS me mostrará o caminho para que eu não caia nestas heresias de perdições.

    Primeiramente, quando depositamos um dinheiro lá no gazofilácio pensando no ''dobro'' que DEUS ''supostamente possa nos retribuir'' estamos certamente com o coração cheio de avareza e também com um mal que assola a massa esmagadora dos Cristãos que é o tentar ''barganhar'' com DEUS.

    Lembrem dessa passagem que diz;


    Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. (Gálatas 6:7)

    Cristo na sua gloriosa trajetória aqui na terra, nos deixou claro o legado, de que a semente é a palavra, e os frutos são gerados através do evangelho, e que a arvore somos nós.
    O fruto nós conhecemos pela árvore, e se a árvore não for boa, ela não frutificará bons frutos, porque não irá dar bom testemunho do evangelho. O que quero dizer, é que o que importa para Cristo, são os frutos (almas) que geramos para o reino do céus, e para que nós geremos estes frutos, precisamos pregar o evangelho da verdade, assim estes frutos se tornarão árvores boas e geradoras também de bons frutos.
    Mas não é essa a semente que o homem hoje tem visto como semente. O semear do homem evangélico nos dias de hoje se tornou algo completamente fora do que Cristo nos propõe.
    Se plantarmos o mal colheremos o mal, assim como o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, te pergunto, seria esse o fruto que Cristo quer de nós? Muitos perdem sua vida inteira semeando dinheiro mas como fica os frutos que CRISTO quer de nós? O fruto que Cristo quer de nós são as almas tragas para a luz da verdade das escrituras, e o que temos que semear para que tenhamos estes frutos? É claro que é o evangelho VERDADEIRAMENTE PREGADO. Por isso a palavra diz, que ''o que o homem semear, isso também ceifará!'' O que você tem semeado? 

    Não caia na lábia dos cães gulosos deste século, que almejam dia e noite o mal e riquezas através do seu dinheiro. Quer semear? Semeie o evangelho e gere frutos para o reino dos céus, eu garanto que seu galardão será grande. O fruto que DEUS quer de nós não é dinheiro, mas sim almas. Cuidado ao tentar barganhar com DEUS, porque como a própria palavra diz, ELE não se deixa escarnecer.

    Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
    Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
    Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
    Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
    Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
    Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá. (Salmos 1:1-6)

    DEUS SEJA LOUVADO
    Cezar S D S Scholze
    O CORREIO DE DEUS

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença