O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    09 setembro 2014

    Líderes dizem que desafio do balde de gelo é satânico


    O popular “desafio do balde de gelo” tornou-se mais que uma moda nas redes sociais; é uma verdadeira revolução em termos de levantamento de fundos para pesquisa. Originalmente era uma maneira bem-humorada de se arrecadar dinheiro para buscar a cura da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA).
    Famoso e anônimos participaram da brincadeira, que envolvia a doação de dinheiro para os estudos da doença. Mesmo assim, causou polêmica entre segmentos cristãos. O primeiro motivo apontado foi a informação que as pesquisas envolviam o uso de células-tronco, condenada por vários líderes evangélicos que comparam a prática ao aborto.
    Nathanael King, pastor da Comunidade Cristã de Temecula Hills, na Califórnia, fez uma denúncia no portal da revista pentecostal Charisma. Ele argumenta que “Os cientistas usam um óvulo e um espermatozoide masculino e fertilizam o óvulo em laboratório.
    Logo em seguida, quando a nova vida começa a se formar, removem dele as células-tronco, verdadeiros blocos de construção da vida embrionária. Estes embriões são criados com o propósito declarado de serem destruídos para a pesquisa médica”.

    Obviamente a ALSA, entidade americana que recebeu a maior parte dos mais de 100 milhões de dólares arrecadados com o desafio, não é a única a fazer pesquisas. Existem outros institutos, como o John Paul II Medical Research, em Iowa. De origem católica, faz pesquisas cientificas pró-vida, utilizando apenas células-tronco adultas, e não células-tronco embrionárias.

    Mesmo com a controvérsia, além dos milhares de anônimos, várias personalidades, incluindo líderes e cantores evangélicos, aderiram ao desafio. Nas últimas semanas, foi noticiado que o “desafio do balde de gelo” teria origem maligna. Selena Owens, articulista do site conservador World Net Daily (WND) afirma que na verdade, é um “ritual satânico”.

    Seu argumento principal é a maneira como morreu Corey Griffin, co-criador do desafio do balde de gelo. Ele morreu no mês passado, aos 27 anos. O jovem pulou do telhado de um imóvel na cidade de Nantucket, Massachusetts, em direção ao mar. O departamento de polícia da cidade relatou que o corpo foi encontrado por um salva-vidas, mas Griffin morreu no hospital. Para Selena Owens a morte seria parte de um ritual dos Iluminatti, do qual ele seria membro.

    Griffin e os familiares de Pete Frates, ex-jogador de beisebol do Boston College, criaram o desafio na tentativa de aumentar a conscientização sobre a doença e angariar fundos para achar a cura. Frates, 29 anos, foi diagnosticado com a doença em 2012.

    Para a articulista do WND o ato foi “Muito estranho. Muito bizarro. Muito sombrio”. Ela também cita um vídeo postado pela evangelista Anita Fuentes que afirma ter encontrado várias mensagens subliminares no que chamada de “ritual do balde gelo”.

    Fuentes acredita que a coisa toda é “ritualística por natureza”. As pessoas são escolhidas para passar por uma forma de batismo na água gelada, “em nome de ELA.” A evangelista defende que é uma forma dos Ilumminati divulgarem suas ideias.

    Fuentes também acredita não ser coincidência que o ALSA ter um laboratório farmacêutico chamado ISIS, mesmo nome do grupo muçulmano que tem perseguido e matado milhares de cristãos no Oriente Médio este ano. Com informações de Yahoo

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença