Segundo a Agência Meteorológica, o Halong deve se aproximar do Japão na próxima quarta ou quinta-feira

O tufão número 11, chamado Halong (ハーロン), ganhou ainda mais força e passou a ser classificado como "devastador" (mouretsuna, 猛烈な), o mais forte de um total de três níveis, segundo boletim da Agência Meteorológica do Japão divulgado às 15h45 deste domingo.
O Halong está ao leste das Filipinas e se desloca a uma velocidade de 15 km/h em direção oeste-noroeste. Tem ventos sustentados de 198 km/h (55 m/s), com picos de até 270 km/h (75 m/s).

Se as previsões da Agência Meteorológica não mudarem, o tufão 11 irá manter a força e deve se aproximar do Japão na próxima quarta ou quinta-feira, a começar pelo sul do arquipélago, que invariavelmente é a primeira região a ser castigada.
Já o tufão 12, chamado Nakri (ナクリー), distanciou-se do Japão e atingiu a península coreana, mas ainda deixa o tempo ruim em Kyushu e Shikoku.
Chuvas torrenciais caíram nas últimas horas e ainda castigam a região, principalmente Kochi, onde ruas e casas ficaram alagadas. Deslizamentos de terra bloquearam estradas e alguns moradores ficaram isolados até serem resgatados pelo Corpo de Bombeiros.
CLASSIFICAÇÃO DOS TUFÕES
Força
A força do tufão é medida conforme a intensidade dos ventos. Pode ser classificada como:
- Forte (tsuyoi, 強い) - ventos entre 33 e 43 metros por segundo
- Muito forte (hijounitsuyoi, 非常に強い) - ventos entre 44 e 53 metros por segundo
- Devastador (mouretsuna, 猛烈な) - ventos cima de 54 metros por segundo
Tamanho
Conforme a área total que o tufão atinge (com velocidade média acima de 15m/s), pode ser classificado como:
- Grande (oogata, 大型) - entre 500 e 800 quilômetros
- Muito grande (chou-oogata, 超大型) - acima de 800 quilômetros

ALTERNATIVA ONLINE
Marcadores:

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.