O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    15 agosto 2014

    Robôs servem pratos feitos por androides em restaurante chinês


    Um restaurante futurista do leste da China tem androides que se ocupam da cozinha e robôs que servem aos clientes deliciosos ravioles ao vapor e verduras fritas.

    Este pequeno restaurante, que abriu na semana passada em Kunshan, província de Jiangsu, oferece pratos emblemáticos da cozinha regional, mas o serviço não tem nada de tradicional.
    Dois robôs dão as boas-vindas à clientela e quatro pequenos androides levam às mesas seus pratos suculentos. "Minha filha me pediu que fabricasse um robô porque queria livrar-se dos afazeres domésticos", explicou à AFP Song Yugang, criador do estabelecimento.


    Foi então, ao mexer com robótica, que teve a ideia de criar funcionários mecânicos para seu restaurante.
    Cada robô custa a Song cerca 4.000 yuanes (6.500 dólares), ou seja, o equivalente ao salário anual de um funcionário de carne e osso. "Os robôs entendem cerca de 40 frases e ordens cotidianas. E, principalmente, não ficam doente, não pedem férias", acrescenta Song entusiasmado.

    Segundo ele, basta carregar as baterias por duas horas diárias para ter uma autonomia de cinco horas.
    Este restaurante futurista não é o primeiro a abrir suas portas na China.

    Um estabelecimento com pessoal 100% robótico abriu suas portas em Harbin (nordeste) em 2012.
    O preço da mão de obra na China aumentou de forma significativa nos últimos anos, incentivando as empresas a acelerar os processos de automatização.

    G1

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença