O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    29 agosto 2014

    Palestina e Israel terão estabelecido acordo secreto?


    As Forças de Defesa de Israel começaram a reduzir o número de tropas na fronteira com a Faixa de Gaza depois de alcançado um cessar-fogo com o Hamas, escreve o jornal israelense Yedioth Ahronoth. Se trata de tanques e de equipamentos de engenharia. No entanto, as tropas que se encontram na fronteira com o enclave palestino ainda estão em regime de prevenção.

    Anteriormente o Hamas e Israel tinham atingido um acordo para um cessar-fogo prolongado e essa trégua ainda se mantém. Significará isso que este conflito armado já chegou ao fim? O analista político palestino Atef Abu Saif tem dúvidas:
    “Os muitos anos de experiência de negociações com Israel demonstrou que Tel Aviv é muito hábil em contornar e esquivar-se às obrigações. Por isso a trégua na Faixa de Gaza deve ser considerada apenas temporária até vermos passos reais por parte das autoridades israelenses. Isso seria o levantamento do bloqueio, a abertura dos postos de passagem fronteiriços, o início do funcionamento do porto marítimo e do aeroporto, a libertação dos prisioneiros palestinos e muitas outras coisas. Mas por enquanto Tel Aviv está apenas protelando.”

    Por seu lado, o ativista de direitos humanos israelense Israel Shamir tende a considerar o regime de cessar-fogo como duradouro:
    “A população israelense está cansada do conflito. Não se trata tanto das vítimas, cujo número não é comparável ao das palestinas, evidentemente, quanto da permanente atmosfera de guerra. Sirenes, foguetes, evacuações – para a população civil tudo isso representa uma grande tensão. Por isso existem fundamentos para pensar que o governo israelense está interessado na manutenção de uma trégua duradoura, apresentando isso como uma vitória sua.
    “Quanto aos resultados do conflito, podemos referir uma fortíssima radicalização da opinião pública israelense. Muitos agora defendem a eliminação da Faixa de Gaza da face da Terra. Nesse contexto, na cúpula israelense se está formando uma fortíssima oposição de direita ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Podíamos questionar se se poderia ser ainda mais de direita do que ele. No entanto, neste momento o chefe do gabinete de ministros é visto quase como uma figura liberal. Em perspetiva, isso não trará nada de bom.
    “Entretanto os palestinos, segundo os meus dados, não ficaram perdendo. Algumas fontes informam da existência de um anexo secreto ao acordo de cessar-fogo em que Israel promete levantar o bloqueio, abrir os postos de fronteira e retirar suas tropas. Há um fato simples que fala a favor da existência desse anexo secreto: Netanyahu tentou esconder de seus ministros o texto do acordo com os palestinos. Contudo, graças aos esforços do ministro das Relações Exteriores Avigdor Lieberman, os membros do gabinete acabaram por lhe ter tido acesso. Isso provocou um grande escândalo no governo.”
    Segundo escreve o jornal israelense Haaretz, citando a mídia jordana, dias antes da conclusão do acordo de cessar-fogo Mahmoud Abbas e Benjamin Netanyahu tinham realizado uma reunião secreta em Amã. A publicação não apresenta os pormenores desse encontro.

    Voz Da Rússia

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença