O veneno pode afetar os nervos do sistema linfático, causando moleza, dores musculares e enxaqueca

As autoridades sanitárias e prefeituras do Japão estão emitindo alertas sobre o aparecimento de uma aranha venenosa que costuma se reproduzir no verão. Há alguns anos, essa espécie só existia em Okinawa e foi trazida da Austrália, mas está se espalhando por todo o arquipélago.
A aranha, chamada latrodectus hasseltii (セアカゴケグモ), é relativamente pequena e não passa de um centímetro, mas o veneno afeta os nervos do sistema linfático, causando moleza, dores musculares e enxaqueca.

Segundo o governo da província de Aichi, o local da picada fica inchado e o veneno causa uma sensação de queimação que pode durar várias horas. A pessoa que receber a picada deve procurar um médico.
Na quinta-feira, três aranhas foram localizadas em um posto de gasolina que fica na rodovia expressa Shintomei, dentro da parada de Hamamatsu (Shizuoka). Um funcionário que tinha conhecimento da espécie aplicou inseticida e comunicou a prefeitura.
A espécie é fácil de ser identificada: é toda preta e tem uma faixa vermelha. Ela pode ser encontrada em pequenas frestas (entre blocos, por exemplo), embaixo de pedras ou nas valetas de ruas.
O governo de Shizuoka informou que a aranha pode ser combatida com qualquer inseticida comum ou com água quente. E, mesmo depois de morta, não deve ser tocada com a mão.

Alternativa Online

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.