Se entrar em atividade, o Bardarbunga poderá afetar o tráfego aéreo no norte da Europa e no Atlântico Norte e provocar inundações

Um dos maiores vulcões da Islândia, o Bardarbunga, seguia ativo nesta terça-feira pelo quarto dia consecutivo, sem que se saiba até o momento se esta atividade provocará uma erupção, indicaram as autoridades da ilha.
O instituto meteorológico islandês subiu na segunda-feira ao "laranja" o nível de alerta para a aviação, o que corresponde a uma "agitação alta ou em aumento, com maior possibilidade de erupção".

O nível seguinte é o vermelho, quando uma erupção começa. O Bardarbunga é um imenso vulcão localizado em uma geleira no sul do país.
Se entrar em erupção, os cientistas o consideram suficientemente perigoso para afetar o tráfego aéreo no norte da Europa e no Atlântico Norte e provocar grandes danos na Islândia, principalmente inundações pelo derretimento das geleiras.
O instituto meteorológico registrou 2.600 terremotos, de magnitude de até 4,5, em quatro dias, devido à atividade do vulcão.

Mas Bryndis Brandsdottir, geofísico da Universidade da Islândia, indicou nesta terça-feira pela televisão que, segundo as últimas indicações, o magma não parece estar perto da superfície. Estaria entre "três a sete quilômetros" abaixo da superfície, acrescentou este especialista.

Em 2010, a erupção do vulcão Eyjafjallajökull provocou o maior fechamento do espaço aéreo decretado na Europa em tempo de paz, com mais de 100.000 voos cancelados em um mês e mais de oito milhões de passageiros bloqueados.

Notícias Terra

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.