Pelo menos dez pessoas morreram nas Filipinas por causa do tufão Ramassun, cerca de 370 mil moradores foram obrigados a abandonar seus lares, segundo relata a Reuters, citando fontes dos serviços de resgate.

Na quarta-feira, o olho do tufão se deslocou para o sul de Manila. O vento, cuja velocidade atinge 205 km por hora, arranca árvores e rompe cabos das linhas de energia, deixando sem eletricidade muitas famílias filipinas. De acordo com a CNN, ao atual tufão pode ser atribuída a categoria três na escala de intensidade de furacões de cinco pontos.

O arquipélago filipino é atingido todos os anos, na estação de chuvas que dura de junho a dezembro, por dezenas de tufões. Em novembro do ano passado, o país foi devastado pelo supertufão Haiyan (Yolanda), o mais desastroso na história do país, que deixou 6.300 mortos.

Voz Da Rússia

O CORREIO DE DEUS
Marcadores:

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.