quarta-feira, 30 de julho de 2014

TEMPLO DE SALOMÃO PODE SER DEMOLIDO POR FRALDE EM OBTENÇÃO DE ALVARÁ



Segundo o promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, o Ministério Público ainda não tem convicção de que houve irregularidades na obra. Ele afirmou que uma investigação já foi aberta para apurar o caso.

Em entrevista ao CBN SP, o promotor disse que um inquérito sobre o Templo de Salomão foi arquivado em 2011 com base em documentos fornecidos pela prefeitura de São Paulo, antes do caso envolvendo o ex-diretor do Aprove, Hussain Aref Saab, acusado de liberar obras em troca de propina. Segundo ele, essas informações atestavam a regularidade da obra.
Maurício Antônio Ribeiro Lopes afirmou que, se comprovado que os dados eram falsos, quem os forneceu pode responder pela prática de crime. 


O promotor também cobrou da prefeitura um pente fino sobre os casos que contaram com a participação o ex-diretor do Aprove.
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.