Estudo determina como os grupos religiosos dos EUA enxergam o presidente americano

Em uma pesquisa para determinar como está a aceitação dos grupos religiosos nos EUA quanto ao presidente Barack Obama, o resultado determinou que os muçulmanos oferecem maior apoio, enquanto os mórmons não são tão favoráveis ao chefe de Estado, de acordo com o instituto Gallup.
A análise avaliou o trabalho de Obama no primeiro semestre de 2014, revelando que 72% dos muçulmanos aceitam seus esforços. Entre outros não-cristãos, 55% dos judeus e 54% de pessoas sem religão aprovam. Já católicos e protestantes estão pessimistas, pois a aprovação conta com apenas 44% dos católicos e 37% dos protestantes.

Pelo levantamento, o Gallup diz que os EUA ainda é um país de maioria cristã, com a metade da população protestante e outro quarto formada por católicos. E a maior parte desta parcela tem ligações com a oposição de Obama.
"Claramente, os membros de várias religiões veem o presidente de forma bem diferente, mas isso pode ser atribuído ao fato da filiação democrata de Obama coincidir com as tendências políticas de cada grupo religioso, e menos para as políticas e ações específicas que ele tomou ao longo de sua presidência", relata a pesquisa.

Um outro fator apontado na pesquisa, determinante para a aceitação de Obama entre ateus, judeus e islâmicos, é o seu apoio às minorias religiosas, como quando acatou a construção de uma casa de adoração muçulmana, em agosto de 2010, perto dos ataques de 11 de setembro de 2001.

Obama tem sido tema de pesquisas polêmicas nos EUA. Recentemente, uma enquete da Quinnipiac University indicou que ele é o pior presidente americano desde a 2ª Guerra Mundial. George W. Bush ficou em segundo lugar. A universidade responsável pela pesquisa entrevisou 1.446 eleitores.
Já a pesquisa do instituto Gallup foi baseada em dados agregados de mais de 88 mil entrevistas diárias, com rastreamentos realizados nos primeiros seis meses de 2014. A margem de erro é de mais ou menos de um ponto percentual em uma escala de 95 por cento.

CP


O CORREIO DE DEUS

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.