segunda-feira, 7 de julho de 2014

O supremo propósito de DEUS: Está além do seu querer e além do seu ''poder''


O supremo propósito de DEUS é algo inimaginável, algo inquestionável, que foge aos padrões lógicos e as limitações humanas.
Sempre tenho visto homens exaltando a si mesmos, homens que se acham semi-deuses, batendo no peito e fazendo uma obra antropocêntrica, o homem ao centro, eu faço, eu mando, a obra está voltada para mim e isso é algo completamente anticristão e antibíblico.
O homem, não é digno de nada, porque nada de bom, vem dele mesmo, o homem é completamente dependente e nada converge em volta dele, e muitos tem achado que o homem é o centro do propósito de DEUS e por isso vim trazer um exemplo caríssimo a respeito disso.

JESUS tinha um supremo propósito para se cumprido aqui na terra, e JESUS tinha poderes que homens ''normais'' não tinham. Muitas vezes, os fariseus tentaram o apedrejar e mata-lo, porém diversas vezes JESUS CRISTO teve que fugir porque ainda ''não era hora.'' 
E estando JESUS em oração e vigília, a guarda veio busca-lo, JESUS poderia fugir naquele instante, ou JESUS poderia pedir para que ''O ETERNO'' enviasse seus anjos e acabasse com aquilo, mas JESUS fazia parte do supremos propósito antes mesmo da fundação do mundo o qual sempre fez parte, e por isso naquele momento, havia chegado a ora do cumprimento desse supremo propósito, por isso JESUS ''se entregou'' porque a hora do cumprimento do propósito DELE havia chegado.
Nada vem de nós, todos os propósitos de DEUS vem de DEUS! ELE tem tudo decretado, não cabe a nós escolhermos,  não cabe a nós desistirmos, porque o supremo propósito de DEUS sempre prevalecerá você querendo ou não. E muitas pessoas quando passam por provações, acham que aquilo é de mais, ou que está carregando um fardo pesado de mais, reclamam, murmuram, porque são acostumados com o evangelho porta larga. Ninguém quer pagar o preço do supremo propósito de DEUS porque simplesmente ignoram esse propósito, e parecendo deuses de si mesmos, propagam o antropocentrismo.
DEUS vai te dar isso, DEUS vai te dar aquilo! Isso é fruto de um evangelho antropocêntrico, que coloca o homem ao centro das vontades de DEUS e isso é mentira, é anátema. DEUS levanta e escolhe homens para cumprir com seu supremo propósito, e não cabe ao homem ''escolhido'' fazer escolhas próprias com achismos e covardias.
Vou lhes dar outro exemplo, João precisou ser preso na ilha de Patmos, porque? Porque naquele contexto, João estava cumprindo o supremo propósito de DEUS haja vista que por ser o mais velho e único apóstolo ainda vivo, precisava receber os escritos do livro das revelações ou mais conhecido como (Apocalipse). João teve escolha? Não, mas podemos observar que DEUS o conservou preso, porque a perseguição contra os Cristãos aumentavam a cada dia, e João fora de Patmos corria risco de morte, por isso DEUS SOBERANO, que sabe todas as coisas, o preservou para o cumprimento do seu supremo propósito. Nisso  podemos observar também Paulo, o que esse homem sofreu para o cumprimento do supremo propósito de DEUS? Prisões, açoites, humilhações, apedrejamentos, e nisso vemos que um verdadeiro servo de DEUS não reclama do propósito que a ele foi imputado, o servo simplesmente o executa. Vemos uma colocação de Paulo a qual ele diz;


Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. (Filipenses 4:11-13)


Paulo estava expressando, sua evolução e maturidade espiritual a respeito do seu ministério, e do supremo propósito de DEUS e ele concedido.  Reflitam bem nesta passagem, e tomem para a vida de vocês como exemplo.
O homem acha que escolhe a DEUS. O homem tem um sentimento de se alto endeusar, achando que possui escolhas e que é dono de si mesmo. Nenhum dos apóstolos escolheram sofrer, mas eles foram escolhidos para aquela missão que se constituía no supremo propósito de DEUS, vejamos;

Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. (João 15:16)

DEUS escolhe e capacita a quem ELE quer, para realizar seus propósitos, ELE capacita executores, não homens covardes e murmuradores que passam por pequenas provas e ficam achando que DEUS os abandonou. O supremo propósito de DEUS é a vontade de DEUS constituído por DEUS e para a glória de DEUS. Quem é o homem que tem poder sobre si mesmo? Qual é o homem que se pode denominar digno de não passar provações? 

DEUS é tão supremo em tudo, que até os vasos de desonra é ELE que escolhe. Ou vocês acham que JESUS não sabia a quem ELE tinha escolhido para o trair?

Respondeu-lhe Jesus: Não vos escolhi a vós os doze? e um de vós é um diabo.
E isto dizia ele de Judas Iscariotes, filho de Simão; porque este o havia de entregar, sendo um dos doze. (João 6:70-71)

O intuito desse estudo, é mostrar para você ''crente'' que só pensa em coisas materiais, que só pensam em confortos terreno, que só pensam em bençãos mas não querem passar por provas, que você não é nada mediante ao supremo propósito de DEUS, e que se DEUS o chamou para ser mártir, você vai ser mártir, se DEUS te chamou para ser preso, você vai ser preso injustamente mas vai, porque na injustiça do mundo, se é manifestada a justiça de DEUS. Por tanto, seja um atalaia, e pare de reclamar e só pedir conforto pra DEUS, porque se ele te escolheu, não importa qual seja o propósito DELE sobre a sua vida, irá se cumprir você querendo ou não, haja vista que tudo que coopera para a edificação do corpo de Cristo, é decreto de DEUS.

PELA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE DEUS
Cezar S D S Scholze
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.