Ministro das Relações Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, levantou a possibilidade de "re-ocupar" em forma total a Faixa de Gaza em retaliação a disparos de foguetes em solo israelense, supostamente a partir do enclave costeiro palestino no domingo. 

"Precisamos decidir se queremos ir para a frente com uma alternativa que envolve a conquista total da Faixa de Gaza", disse Lieberman israelense na Rádio do Exército, que nos últimos dias tem bombardeado muitos "alvos" em Gaza. 


Da mesma forma, Lieberman acredita que a implantação de uma "ação militar limitada" apenas reforça o Movimento palestino  de Resistência Islâmica (Hamas). "Assim, a alternativa é clara: a conquista total", disse ele. 

Alguns meios de comunicação israelenses e palestinos informaram na semana passada que as forças militares de Tel Aviv estão se preparando para lançar uma ofensiva forte e generalizada contra a população de Gaza. 

Israel lida com esse problema com um duplo padrão, uma vez que qualquer culpa, o Hamas possa atacar com foguetes, mas também afirma que os responsáveis ​​pelos recentes ataques são grupos menores, como os Comitês de Resistência Popular. 

O Exército israelense atualmente em execução uma série de ataques em território palestiniano, sob o pretexto de tentar obter informações sobre três jovens israelenses que desapareceram em 12 de junho, perto de Hebron, na Cisjordânia. 

A operação militar deixou seis palestinos mortos, incluindo uma criança, pelo menos, 118 feridos e 471 presos. Por sua parte, o Hamas marcado como "estúpido" estas acusações, em sua opinião, são uma tentativa de "sabotar a reconciliação palestina". 

Telesur

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.