O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    09 julho 2014

    Mais de 360 templos cristãos são total ou parcialmente demolidas na China (Veja Vídeo)


    Considerado pelos cristãos chineses como um “ato administrativo ilegal”, o governo chinês numa perseguição aos cristãos, está retirando as cruzes e em muitos casos demolindo as igrejas na Província de Zhejiang. Mas mesmo assim os cristãos se comprometem a manter-se firmes no Senhor.
    Os cristãos na China têm se comprometido em manterem-se firmes em Cristo mesmo diante de muita perseguição por parte de autoridades da província de Wenzhou, onde os prédios das igrejas continuam sendo demolidos.

    O último evento foi gravado em vídeo, onde pode ser visto alguns cristãos cantando em meio às lágrimas, um hino que fala sobre a cruz e como os seus pecados foram lavados pelo sangue de Jesus, enquanto as autoridades removem a cruz de sua igreja.

    Depois de uma semana que os pastores e membros de Igreja de diferentes congregações, escreveram uma carta publica, denunciando os abusos contínuos realizados pelo governo da cidade de Wenzhou, contra as igrejas na Província de Zhejiang, as autoridades decidiram retirar a cruz do teto da Igreja de Yahui na cidade, segundo informou a International Christian Concern (ICC).
    No entanto, o governo chinês já bloqueou os sites na China que publicaram a carta publica dos cristãos, pois a mesma listava oito razões que “a campanha contra as igrejas é um ato administrativo ilegal que está abusando da autoridade e ignorando o Estado de direito.”

    Na carta os cristãos afirmaram que a Lei de Sanções Administrativas da China exige um aviso prévio antes da execução do governo. No entanto, as equipes de demolição do governo geralmente aparecem nas igrejas no meio da noite, sem documentos legais, e iniciam o processo de demolição durante a escuridão.

    Além disso, os cristãos chineses argumentam que mesmo que uma cruz seja ilegal, a lei exige que a equipe de demolição deve ser a do escritório religioso ou do Gabinete de Habitação e Desenvolvimento Urbano. No entanto, a equipe de demolição geralmente é composta por pessoas não identificadas, o que é uma clara violação do procedimento e os direitos dos crentes.

    Relata-se que mais de 360 igrejas na província de Zhejiang foram total ou parcialmente demolidas sob o pretexto de “a eliminação ou modificação de construções ilegais”. O governo da província de Zhejiang, dize que é a remoção ou modificação de construções ilegais para o desenvolvimento urbano.

    Assista, abaixo, o vídeo do momento em que a cruz foi retirada, e os cristãos chorando e cantando o refrão do hino “Foi na cruz, foi na cruz.''



    Fique Atento

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença