Em vídeo, Abu Bakr al-Baghdadi faz sermão em uma mesquita


Bagdá, Iraque. Um vídeo divulgado nesse sábado na internet supostamente mostra o líder do grupo extremista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (Eiil), Abu Bakr al-Baghdadi, fazendo um sermão em uma mesquita no Iraque. Essa seria uma rara – senão a primeira – aparição pública do militante.
O vídeo foi publicado em dois websites usados pelo grupo, mas não foi possível confirmar de forma independente se a pessoa que aparece nas imagens é al-Baghdadi.

Com força bruta, o Eiil já tomou o controle de uma ampla faixa de terra na Síria e no Iraque, e declarou um Estado Islâmico, ou califado, nesses territórios. O grupo proclamou al-Baghdadi seu líder e exige que todos os muçulmanos jurem lealdade a ele.
O grupo, anteriormente chamado de Eiil no Iraque e na Síria (Isis), separou-se da Al Qaeda no início do ano.
No vídeo, o homem que supostamente seria al-Baghdadi fala sobre a agenda do grupo e as leis em seu califado. O governo iraquiano, no entanto, contestou a autenticidade do vídeo.
Mas um alto funcionário da inteligência iraquiana disse que, após análise inicial, o homem no vídeo parece ser al-Baghdadi.
Segundo o funcionário, que falou sob condição de anonimato, a chegada de um grande comboio a Mosul por volta de meio-dia dessa sexta coincidiu com o bloqueio das redes de telefonia celular na área. Ele disse que o sinal foi restabelecido depois que o comboio partiu.
Identidade. A gravação mostra um homem barbudo usando manto e turbante pretos. “Eu sou o wali (líder), que os comanda, embora eu não seja melhor que vocês, por isso, se acharem que estou certo, ajudem-me”, disse Baghadadi.
“Se vocês acharem que estou errado, me aconselhem e me coloquem no caminho certo, e me obedeçam, assim como eu obedeço o Deus em vocês. Deus deu aos seus irmãos mujahedines a vitória depois de longos anos de jihad e paciência... então declararam o califado e colocaram o califa no comando”.
Califado
Origem. Derivado da palavra árabe “califa” (sucessão), califado significa um Estado islâmico governado por um único líder político e religioso, o califa. O Eiil proclamou al-Baghdadi seu líder.
Premiê vai lutar por novo mandato

Bagdá. O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, afirmou nos últimos dias que nunca renunciará e que vai se apresentar para um terceiro mandato. Ele enfrenta pressão interna e externa para deixar o cargo e abrir caminho para um governo de unidade nacional entre sunitas e xiitas.

A aliança liderada por Maliki venceu as eleições de abril, mas ele é acusado de liderar um governo que favorece os xiitas, enquanto o Eiil tem apoio de líderes tribais sunitas que se sentem prejudicados por Bagdá.

O tempo

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.