O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    11 julho 2014

    FEMA: Caixões, Centros de Concentração e Listas de Morte Estão à Espera dos Prisioneiros Assim Que a Lei Marcial For Declarada


    Um dos muitos campos de concentração da FEMA, instalações idênticas às nazistas 

    Enquanto o mundo se foca em reality shows, novelas, futebol, guerras falsas e jornalismo marrom, a realidade é que os EUA estão muito perto de atingirem seu sonho da dominação mundial. E o próprio povo daquele pais, vítima do seu governo tirano, é o alvo número um.

    Desde 2008 estamos cientes de que o exército dos EUA, juntamente com o auxílio da FEMA, está construindo campos de concentração em todo o território do país, além de alguns no Canadá,Cuba e Porto Rico.
    A explicação oficial é que "estes complexos são instalações de pesquisa, e servirão também, em último caso, para abrigar nossos cidadãos, e de quaisquer países, caso ocorra um desastre natural ou provocado pelo homem, como uma guerra mundial".

    Porém, o povo dos EUA, e do mundo, tende a não acreditar no país que mais mentiu em toda a história para justificar seus atos tirânicos. Para estas pessoas, o governo está se preparando para conter as revoltas do povo quando a Lei Marcial for imposta, algo que muitos acreditam que acontecerá em breve. Os que fizerem parte da resistência serão presos nestes campos, e provavelmente torturados, antes de serem mortos, enfiados nestes caixões e cremados como uma mensagem aos "terroristas" que estão contra o governo.



    Localização dos 100 maiores campos de concentração da FEMA. Contando com os menores, existiam pelo menos 3800 destes campos até maio de 2013. 
    A FEMA diz que esses não são campos de concentração e sim instalações de pesquisas, como descrito acima. Mas o fato dessas "instalações de pesquisas" terem prisões dentro delas é um pouco diferente da concepção humana de "pesquisa". Outros números alarmantes mostram que essas instalações não serão usadas para pesquisas. Relatórios recentes mostram que a FEMAencomendou 30 mil guilhotinas e 600 milhões de cartuchos explosivos, os mais letais em todo o mundo.

    Eles estão armazenados no maior campo já construído pela FEMA, em Fairbanks, Alaska. Este é listado no site da instituição como "base para pesquisas e centro de saúde mental". Ou os EUAestão esperando que meio mundo fique louco de uma hora para outra ou é verdade que o HAARPvai influenciar as pessoas mentalmente, podendo desencadear instintos inesperados, como afirmou Edward Snowden em uma de suas revelações.

    Mas isso não explica o porquê da compra, em 2012, de 5 milhões de caixões (cada um com espaço para 4 pessoas, totalizando 20 milhões de corpos), 1 bilhão de balas de diversos calibres e milhares de armas. Muito menos esclarece a entrada de trens carregados de água e alimentos, materiais de construção e equipamentos com o logo da NASA no campo central, localizado emUtah.



    Os "caixões da FEMA", como filmados clandestinamente em 2012 

    E o acúmulo de "recursos" não parou em 2012. Um relatório recente indica que o governo dos EUAgastou mais 1 bilhão de dólares em 2013 encomendando alguns milhões de caixões e equipamentos que deverão estar dispostos nos devidos campos até junho de 2014. Os caixões não têm seu uso declarado, mas estão claramente descritos no Código de Patentes dos EUA (sob o número 5.425.163) como "caixões crematórios para diversos cadáveres".


    Homem que entrou escondido em uma das instalações em 2012 mostra o tamanho dos caixões 
    Enquanto isso, o Departamento de Segurança Nacional (DHS) dos EUA também se prepara para um número extremo de mortes. Segundo dados vazados de um relatório do governo, o DHSencomendou 14 milhões de sacos para cadáveres em regime de urgência, os quais já foram entregues aos diversos campos pelo país.
    Além das 20 milhões de pessoas que podem ser armazenadas nos grandes caixões da FEMA, haverá ainda pelo menos mais 14 milhões de mortos, totalizando 34 dos 314 milhões de cidadãos dos EUA. Muitos especulam que o propósito disso tudo é a simples escravização do povo após a instalação da Lei Marcial que visará implantar a Nova Ordem Mundial. Novamente chegamos à máxima de que quem se opor será simplesmente eliminado do sistema.

    E há provas disso. Diversos documentos trazidos à tona de forma ilegal aos olhos do governo mostram que há uma lista de pessoas que precisam ser eliminadas assim que um processo chamado "o evento" ocorrer. Essa lista chama-se "Main Core" (grupo principal), e cataloga nomes de ameaças ao novo estado ditador. Segundo fontes, ela vem sendo elaborada desde os anos 1980 e contém 8 milhões de nomes de pessoas conhecidas (cientistas, artistas, ativistas) e desconhecidas (cidadãos comuns que, provavelmente, se envolvem em planos de trazer a verdade ao público).

    Mesmo que este programa esteja em andamento desde os anos 1980, a NSA o usou extensivamente para expandir sua lista a partir do "atentado" de 11 de setembro de 2001, quando o DHS começou a rotular as pessoas que não acreditavam na explicação do governo para o ataque de "terroristas domésticos".

    Sabemos que o FBI, o DHS e as polícias locais têm trabalhado para se infiltrar e espionar grupos domésticos pacíficos, e as revelações de Edward Snowden têm nos mostrado que eles leem nossos posts no Facebook, verificam nossos e-mails, seguem nossas contas no Twitter, ouvem nossos telefonemas, etc. Assim, podemos supor que qualquer um que já tenha se manifestado contra o governo está na lista da rede de espionagem maciça que está sendo usada para nos "proteger" do terrorismo.

    E dizemos "nos proteger" porque a Lei Marcial e a Nova Ordem Mundial serão estendidas ao mundo todo assim que possível. As próprias leis inventadas pelo governo dos EUA e vigentes naONU dão o direito àquele país de se tornar o "general do mundo" em caso de grandes crises. E a nível nacional, também existem regras para que sejam cumpridas as determinações corretas por meio de Ordens Executivas.

    Tais Ordens poderiam dar o poder de decisão - qualquer decisão - à FEMA e implantar a suspensão da Constituição e da Carta de Direitos. Elas estão no papel há mais de 30 anos, esperando pela assinatura do presidente - e só isso bastaria, pois o Congresso não teria poder de decisão com a suspensão da Constituição. Algumas dessas Ordens Executivas são as que seguem:

    - 10990: o governo pode controlar todos os meios de transporte da nação.

    - 10995: o governo pode controlar todas as instâncias da mídia.

    - 10997: o governo pode controlar a energia, gás, petróleo, combustíveis e minerais.

    - 10998: o governo pode se adonar de todos os meios de transporte, incluindo carros pessoais, trens e caminhões e ter total controle sobre vias rodoviárias, fluviais e aéreas.

    - 10999: permite ao governo tomar controle das fazendas e fontes de alimentos.

    - 11000: permite ao governo convocar civís para compor frentes de trabalho não remunerado sob sua supervisão (escravidão).

    - 11001: permite ao governo controlar as instituições de saúde, educação e bem-estar.

    - 11002: designa um órgão para operar realizando o registro de todas as pessoas.

    - 11003: permite ao governo tomar controle de aeroportos e aeronaves, inclusive comerciais.

    - 11004: permite que o governo realoque comunidades inteiras, construa novas casas com fundos públicos, designe áreas que deverão ser abandonadas e estabeleça novos locais para as populações (caso dos campos de concentração).

    - 11005: permite ao governo controlar totalmente as vias rodoviárias e fluviais no país, além de prédios públicos de armazenamento.

    - 11049: prevê a implantação de no máximo 21 Ordens Executivas em um período de 15 anos a partir da data da assinatura da primeira.

    - 11051: dá validade instantânea a todas as Ordens Executivas em tempos de grandestensões mundiais e crises econômicas ou financeiras.

    - 11310: permite ao Departamento de Justiça controlar as Ordens Executivas, legislativas e judiciais.

    - 11921: permite à FEMA controlar a industria, os recursos, fluxo de dinheiro dentro do país, pagamentos e créditos em qualquer emergência nacional; também proíbe o Congresso de revisar ou revogar qualquer Ordem Executiva por seis meses.

    As Ordens Executivas da FEMA foram implantadas pelo presidente Jimmy Carter para incorporar atos de Lei ainda mais obscuros, como:

    - Lei da Segurança Nacional de 1947: permite o realocamento estratégico das indústrias, serviços, governo e outras atividades econômicas essenciais, e racionalizar mão-de-obra, recursos e o setor da produção.

    - Lei de Defesa da Produção de 1950: dá ao governo o poder de controlar todos os aspectos da economia.

    - Lei de 29 de agosto de 1916: autoriza o Secretário da Defesa, em tempos de tensão internacional, a apreender e utilizar qualquer modo de transporte para deslocar as tropas, materiais ou quaisquer outras coisas relacionadas à emergência em território nacional e estrangeiro.

    - Lei Internacional de Poderes Econômicos Emergenciais: permite ao governo dos EUA tomar para sí a propriedade de qualquer estado americano ou mesmo país estrangeiro.

    Como vemos, tudo está arquitetado para a grande ilusão mundial e subsequente implantação daNOM pela força. Quem se opor a isso será claramente e indubitavelmente punido ou até mesmo executado, mas o mundo precisa se unir - agora mais do que nunca - para derrubar a tirania que começa a projetar sua figura sombria sobre ele.

    Por Milton Bit Bull colaborador do site O.C.D.D
    O CORREIO DE DEUS

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença