O porta-voz regional do exército das Filipinas, Dickson Hermoso, disse que os combatentes do grupo Bangsamoro agrediram os soldados em duas cidades da província de Maguindanao


Rebeldes muçulmanos separatistas atacaram tropas do exército em duas cidades no sul das Filipinas, provocando confrontos que matarm 17 guerrilheiros e um soldado em uma região onde o governo e o principal grupo insurgente islâmico do país chegaram um acordo de paz no início do ano.

O porta-voz regional do exército das Filipinas, Dickson Hermoso, disse que os combatentes do grupo Bangsamoro agrediram os soldados em duas cidades da província de Maguindanao, o que levou as tropas governamentais a retaliarem. Cinco das dezessete vítimas entre os rebeldes já foram identificadas.
Os rebeldes do Bangsamoro se separaram da Frente de Libertação Nacional Islâmica Moro, o principal grupo rebelde filipino, que assinou um acordo de paz com o governo em março. 
O tempo

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.