O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    01 julho 2014

    Dois encontros sobrenaturais, a experiência com o demônio e a experiência com CRISTO (Relatos verdadeiros e diferentes)


    Experiência do Bruno Nunes com seu amigo

    Que a graça e a paz do nosso Senhor Jesus esteja sobre todos vós!

    Gostaria de compartilhar com todos o testemunho de uma experiência espiritual muito forte que tive à pouco tempo. 
    Em que Deus permitiu que acontecesse, para que eu pudesse entender e ver com meus próprios olhos a realidade sobre o mundo espiritual.
    E principalmente, para que eu pudesse também testemunhar e alertar as pessoas sobre este assunto que é tão importante e desconhecido.

    Digo desconhecido porque não temos olhos espirituais, naturalmente só podemos ver o que é físico e material.
    Sabemos que não é nada comum em nossas vidas presenciarmos acontecimentos sobrenaturais, que comprovam a existência de um reino espiritual e da presença dos demônios.

    Digo que é tão importante porque precisamos conhecer nosso inimigo para que possamos saber como nos defender.
    Pense, se você fosse um general de exercito, e estivesse em guerra com outro país .
    E você decide atacar com 5 mil homens, então o inimigo contra-ataca com 10 mil homens, você e todo seu país seria destruído, porque você não conheceu e não estudou seu inimigo.

    Por isso é tão importante conhecer quem são nossos inimigos, pois eles não são de carne e sangue, não são pessoas, mas a bíblia diz: 

    Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
    Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
    Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.  (Efésios 6:11-13)

    Então desde que Deus me chamou, tem me dado muito conhecimento, além do que eu pudesse imaginar, mas até o momento pouca experiência na pratica.

    E assim como orava pedindo conhecimento, passei a orar pedindo por experiências espirituais, e creio que essa foi uma das respostas para minhas orações.
    Aconteceu a menos de 1 ano, era uma tarde de domingo nublada, eu e meu amigo Leonardo estávamos indo pro sitio em uma área rural.
    Logo que chegamos só descemos do carro e escutamos uma gritaria na rua,
    e corremos para ver o que parecia ser uma briga.
    Havia num carro um casal e o amigo do casal, o carro estava parado em uma curva perigosa e os dois homens brigando, a mulher, desesperada, correu até nós para pedir ajuda.
    Não sabíamos como ajudar e enquanto os dois se brigavam ela explicava a situação pra nós afoita.

    Ela nos contou que o homem era melhor amigo de seu marido e que era de outra cidade, estavam passeando e haviam bebido, mas o homem estava fora de si, fora de controle e vinha no carro brigando e tentando enforcá-lo.
    O marido da mulher estava expulsando o homem do carro a socos e chutes e estavam à uns 50 metros de nós. O marido então entrou no carro fechou as portas e arrancou o carro, o homem se pendurou pelo lado de fora do carro e foi arrastando no asfalto até o carro parar na nossa frente, a mulher entrou e eles fugiram, abandonando o homem todo ensangüentado que chorava e gritava no meio da rua.
    Nós ficamos impressionados com tudo aquilo, não havia ninguém na rua, nenhum vizinho nenhuma testemunha, só nós e o homem na nossa frente.
    Sentimos pena do homem, pela situação e queríamos ajudá-lo só a chegar na casa de um parente ou conhecido.
    Ele estava fora de si realmente desesperado, chorando e rangendo os dentes. Então se dirigiu a nós e descrevia seu sofrimento.

    Escutamos ele e ele se acalmou, e a primeira pergunta que ele fez foi se nós acreditávamos em Deus.
    Falamos que sim, que acreditávamos no Deus Pai e em seu filho Jesus e perguntamos se ele também acreditava e ele nos respondeu que sim. 
    Então senti de falar de Deus pra ele pra confortá-lo e aconselhá-lo ao arrependimento e a fé em Jesus.
    Foi ai que ele reagiu de forma estranha, abaixou a cabeça e ficou olhando pro chão e ainda estávamos falando. Paramos de falar e chamamos a atenção dele, perguntando seu nome mais de uma vez, mas ele não respondia.
    Ficamos em silencio então ele levantou a cabeça, sério, olhando nos olhos, havia parado de chorar, e estendeu a mão me olhando nos olhos.

    Eu pensei comigo, isso é coisa de bêbado, e estendi a mão pra ele. Então ele me puxou com força, colocou a mão sobre minha cabeça e começou a orar sussurrando línguas estranhas.
    Eu senti que havia algo errado, mas pensei comigo mais uma vez, isso é coisa de bêbado, só porque falei de Deus, deve estar fazendo isso porque viu em alguma igreja.
    Tive que fazer força pra me soltar e meu amigo percebeu e teve que intervir, ele ficou me encarando com cara de bravo, os olhos todo vermelho.
    Nós ficamos em silencio diante disso e ele começo a chorar e lamentar novamente dizendo as mesmas coisas.
    Então convidamos ele pra entrar e tomar uma água, pra que se acalmasse e pudéssemos resolver de uma vez, não havia ninguém pra ajudar.
    Ele entrou sentou no sofá da cozinha, dei água a ele e meu amigo pegou remédio e curativos pra fazer na perna dele.
    Comecei a falar novamente de Deus pra ele, e percebi que ele reagiu da mesma forma, abaixou a cabeça, estava na frente dele, parei de falar e me encostei na pia, observando ele e estranhando suas atitudes, então comecei a chamar ele de novo, e da mesma forma ele levantou a cabeça me olhou nos olhos e estendeu a mão.
    Eu não estava com medo, pois pra mim era só mais um bêbado, ainda que estranhando suas reações, inocentemente decidi estender a mão novamente, realmente me comovia ver o sofrimento daquela pessoa.

    Então ele me puxou com toda sua força e eu fiquei cara a cara com ele, ele segurou bem forte minha mão enquanto levava a própria mão à boca, assoprou na sua própria mão e começou a esfregar levemente no meu braço e depois beijou minha mão.
    Eu fiz uma força tremenda pra me soltar e meu amigo interviu novamente pra que ele me soltasse.
    Então ele gritou, NÃO FOGE DE MIM! ! Arregalado com cara de bravo tentando me pegar ainda, porque estava próximo, mas ele não levantou.
    Então meu amigo me olhou e falou baixinho: ''Ou! Ele ta possuído!''.

    Quando ele terminou de pronunciar o homem fez um gesto brusco apontando pro meu amigo arregalado, todo torto no sofá.
    E vinha na minha cabeça, fala em nome de Jesus, fala em nome de Jesus, mas havia receio em mim e em meu amigo.
    Mas não pudemos resistir e meu amigo começo a gritar: EM NOME DE JESUS, VOLTA PRO LUGAR DE ONDE TU VEIO

    O homem estava com o dedo apontado e torto, começou a agonizar e gritar e a se debater no sofá como se estivesse tendo uma convulsão.

    E quanto mais era pronunciado o nome de JESUS, mais ele gritava e se debatia.
    Então começamos a orar e ele desmaiou.
    Não demorou, o homem acordou colocou a mão na cabeça e falou: MINHA CABEÇA ESTÁ PEGANDO FOGO.
    E falou: Mas agora melhorei. Quero ir mijar.
    Então falei: Sim, vai na rua.
    Ele se levantou ficou frente a frente, e perguntou olhando no meu olho: VOCÊS ACHAM QUE SÃO MAIS FORTE DO QUE EU?

    E respondemos juntos: COM TODA CERTEZA. Pois tínhamos convicção de estar falando com o demônio.

    E ai erramos, pois falamos de nós e a força não é nossa a força está toda na AUTORIDADE E PODER DO NOME DE JESUS.

    A reação dele foi dar uma gargalhada da nossa cara, e falou: VOCES? ESTÃO LOUCOS? VOCÊS MAIS FORTE? Kkkkk QUE MAIS FORTE O QUE, esbravejou.

    E não acabou por ai, ele ia saindo com o copo de água na mão, e começou a me oferecer dizendo: BEBE, BEBE, empurrando o copo.
    Eu firmei que não queria, então ele fez cara de brabo e disse, EU TO TE TESTANDO.
    E saiu pra urinar, a uns 20 metros.
    Ficamos observando ele estava de costas, então ele com as calças baixadas virou bruscamente o pescoço e disse duas vezes a mesma frase: A FORÇA QUE ESTÀ EM VOCÊS É MAIS FORTE DO QUE EU.
    Depois disso ficamos em silencio e ele também. Então notamos que ele tinha se acalmado havia mudado sua expressão facial e passou a falar da sua própria vida seu nome era Jhon, e lembrava onde era sua casa.
    Conseguimos logo em seguida convencer a entrar no carro e graças a DEUS levamos ele pra casa em paz.
    Fomos recebidos por sua esposa chorando, e nunca mais o vimos.


    A Visão de CRISTO para Cezar

    Aproveitando o relato feito pelo meu amigo e irmão Bruno Nunes, também vou contar uma experiência privilegiada que tive, e como eu disse em outro artigo que eu iria contar uma super experiência que tive, hoje chegou a hora de abrir para todo mundo.
    Bom, eu fui repousar-me e então em sono profundo, fui arrebatado em espírito pra um lugar sombrio e obscuro, vi várias coisas, mas o que eu precisava ver foi me mostrado de forma ''viva'' e muito real.
    Então quando eu estava neste lugar, começaram a vir muitos demônios querendo avançar em mim, assim como um monte de cães quando estão querendo avançar todos juntos em cima de algo ou alguém. Passando por isso meu coração começou a ficar aflito, e amedrontado, comecei a ficar vulnerável, estremecido com a situação, e então de repente, aqueles demônios estavam todos em cima de mim e em uma fração de segundos meu coração encontrou uma paz ''inefável'' e me senti extremamente tranquilo, e logo no meu coração nesse momento, eu avistei um homem de costas pra mim com um chicote na mão, e no meu coração em mistério foi me revelado que este homem ''ERA JESUS CRISTO'' na minha frente, eu não via o seu rosto creio que porque eu não seja digno de ver a face DO SENHOR porém eu sabia em profundo que era ELE. E então ele com o chicote na mão, começou a chicotear os demônios que estavam querendo avançar em cima de mim, e quando O SENHOR ia chicoteando estes demônios, ELE começou a me chamar pelo meu nome e dizia;  ''Cezar é assim que se faz! E chicoteava os demônios. Cezar é assim que se faz! E chicoteava os demônios. Cezar é assim que se faz! E chicoteava os demônios.'' E disse isso para mim repetidas, e inúmeras vezes. No dia seguinte eu não conseguia compreender o que O SENHOR quisera me falar, haja vista que todas vezes que ELE falou comigo através de alguém sempre me disse: ''Filho não temas porque eu sou contigo, e podes tu passar por dentro das chamas, eu serei contigo'' e eu continuava sem entender muito esta visão, porém passou-se alguns dias e me veio a convicção da visão e eu tive a certeza, de que JESUS queria me falar, que ELE é comigo, e que não é pra mim temer o mal e muito menos os demônios, porque ELE mesmo cuida de mim, e através do nome DELE que tem autoridade, mal nenhum poderia prevalecer contra mim em nenhum lugar e nenhuma situação que eu tivesse que enfrentar. Lembro aos irmãos que eu tive essa visão á algum tempo atrás.

    E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos sonharão sonhos; (Atos 2:17)

    PELA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE DEUS


    O CORREIO DE DEUS

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença