O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    27 junho 2014

    Papa celebra missa junto com ativista gay

    Papa Francisco I beija mão de Pe. Michele, notório ativista homossexual da Itália
    Julio Severo

    LifeSiteNews, que é o maior portal católico pró-vida do mundo, noticiou sobre o Papa Francisco celebrando missa com o Pe. Michele, um dos maiores ativistas homossexuais da Itália.

    Meses atrás, o papa foi capa da maior revista homossexual do mundo — gesto significativo dos ativistas gays americanos, que acham que esse papa tem muito mais a favor do que contra sua causa.
    Se Jesus estivesse no lugar do papa diante do Pe. Michele, o que Ele faria? Ele diria: “Você não precisa de cargo de padre, bispo ou pastor. Você precisa ser liberto da opressão do pecado homossexual. Você quer ser liberto?”
    Se a resposta fosse sim, Jesus o libertaria e diria: “Venha e siga-me. Vou lhe ensinar a ser meu discípulo.”
    Se a resposta fosse não, Jesus diria: “Você não pode ser padre, bispo e pastor e ao mesmo tempo viver debaixo da opressão do homossexualismo. Como você poderá libertar os cativos e destruir as obras do diabo com a autoridade do Meu Nome se você é cativo e as obras do diabo não foram destruídas em sua vida?”
    Enquanto o padre ativista gay não é liberto, o mínimo que se poderia fazer por ele é não mantê-lo no cargo de padre.
    Só não vou fazer uma crítica pesada porque esse é um problema do quintal católico. As críticas pesadas deixo para o quintal evangélico.

    Papa Francisco I realiza missa com Pe. Michele

    Eis agora o trecho principal do artigo “Pope kisses the hand of, concelebrates mass with pro-homosexual activist priest” de LifeSiteNews, traduzido por mim:
    O Papa Francisco causou espanto no começo de maio ao concelebrar missa com um padre que é um dos principais ativistas homossexuais da Itália e está fazendo campanhas para que a Igreja Católica mude seu ensino sobre a homossexualidade. O papa também beijou a mão do padre. Em 6 de maio, Francisco recebeu o padre de 93 anos que cofundou Agedo Foggia, uma organização de ativistas homossexuais que se opõe ao ensino da Igreja Católica.
    O Pe. (Don) Michele de Paolis concelebrou missa com o Papa Francisco no Domu Santa Marta e então deu de presente ao pontífice um cálice de madeira, um pratinho e um exemplar de seu mais recente livro “Querido Don Michele — perguntas para um padre inconveniente.”
    Num livro anterior, Don Michele escreveu: “o amor homossexual é um do de (Deus) que em nada é inferior ao amor heterossexual.”

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença