terça-feira, 24 de junho de 2014

Israel prende presidente do Parlamento palestino

Nesta segunda-feira (16) o exército de Israel prendeu o presidente do Parlamento palestino, Aziz Dweik, acusado de ter ligações com o sequestro de três adolescentes israelenses.

Dweik é membro do Hamas e foi preso ao lado de outros 40 palestinos durante a busca dos jovens que estavam desaparecidos desde a última quinta-feira (12).

“O exército está concentrado naqueles que participaram, estiveram envolvidos ou possuem informações sobre o local no qual estão Gilad Shaar, Naftali Frenkel e Eyal Yifrah”, afirmou o porta-voz militar Peter Lerner.

A busca pelos jovens sequestrados resultou na prisão de 150 pessoas incluindo líderes do movimento islamita Hamas. As prisões do presidente do Parlamento palestino e de cinco deputados do Hamas foi confirmada por fontes palestinas.

O Hamas é o principal acusado pelo sequestro dos jovens, mas o grupo ainda não reivindicou o crime. A única resposta do grupo foi chamar as acusações de Israel de “estúpidas”.

Os três jovens desapareceram na Cisjordânia e até o momento não foram encontrados. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, telefonou para o presidente palestino, Mahmoud Abbas, e pediu que ele colaborasse com as buscas. 


Com informações G1 e Fique Atento
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.