O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    26 junho 2014

    Caio Fábio: Da instrução à burrice e à loucura cósmica


    Em entrevista ao humorista Danilo Gentili no programa The Noite em 23 de junho de 2014, Caio Fábio fez o que mais gosta de fazer: ficar sob os holofotes. Onde quer que haja um trono com holofotes, Caio será sorrisos e alegria.

    Malhando como sempre faz os evangélicos, ele disse que “os evangélicos ficaram burros” e que o “povo evangélico precisa de instrução.”
    Ele afirmou que passou mais de 30 anos, como pastor presbiteriano, instruindo desde “os luteranos aos neopentecostais.” Mas que instrução era essa que acabou deixando os evangélicos burros?
    Caio era, em seus áureos anos de reverendo presbiteriano, um proclamador da Teologia da Missão Integral (TMI), que aproxima os evangélicos do socialismo. Na prática de bastidores, ele teve papel fundamental, na década de 1990, na aproximação dos evangélicos de Lula e do PT.
    No programa humorístico The Noite, Caio disse que os evangélicos são “massa de manobra” de seus líderes. E quando Caio era o líder dos líderes, o pastor dos pastores? O que foi que ele fez então dos evangélicos? Massa de manobra de seus interesses “espirituais” na TMI e em Lula e no PT. Ele fez tudo isso, que ele classificou de “instrução” aos evangélicos, porque “queria dar parâmetros de saúde mental” aos evangélicos, conforme ele disse ao Gentili.
    Só tem saúde mental quem está na TMI? Só tem saúde mental quem está no PT? Ou só tem saúde mental quem crê em ETs?
    À pergunta de Gentili se Caio crê em “ETs e vida fora da terra,” Caio respondeu que “está aberto à multiplicidade de todas as existências cósmicas” e aberto também a “mundos paralelos,” bem ao estilo da melhor ficção de Hollywood. Ele pode ter desconfianças da Bíblia, especialmente o Antigo Testamento, que ele disse para a plateia de Gentili que “caducou.” E ele pode ter desconfianças maiores dos evangélicos. Mas sua confiança nos ETs é inabalável!
    Se você não acreditar em ETs, Caio dirá que você é um brainless — palavra em inglês que significa “sem cérebro, burro, idiota.” Esse foi o termo que ele empregou para classificar os evangélicos diante da plateia de Gentili.
    Pelo visto, os tais parâmetros de saúde mental de Caio se alargaram bastante. Se no passado suas ações nos bastidores se restringiam a ajudar os evangélicos a abraçar a TMI e o PT, hoje buscam levá-los a uma instrução cósmica de “mundos paralelos” e aliens de outros planetas. Essas ideias caem muito bem no The Noite e em outros programas humorísticos.
    Quando não está ocupado elogiando ETs ou outras absurdas ideias extra-bíblicas, Caio está falando mal dos evangélicos.
    Para outros, falar mal de um grupo de pessoas pode ser apenas um hábito mau. Para Caio, é isso e muito mais. É seu meio de sobrevivência. Se não falar mal dos evangélicos, seus bolsos se esvaziam. Por isso, ele mantém sua fixação, custe o que custar e doa a quem doer. Enquanto ele viver, sua língua amargurada “trabalhará,” pois ele se sente como um pai que criou e instruiu toda a uma geração de evangélicos — e de fato o fez, na TMI — e foi enxotado de casa pelos “filhos.”
    Na sua eterna amargura e sentimento de que foi traído, no sentimento da perda do trono, que ele esperava fosse eterno, sua língua manterá o “alvo.” E mesmo que não houvesse nenhuma amargura, o que mudaria? Caio descobriu um filão de ouro na falação de mal dos evangélicos. Isso lhe rende visibilidade e dinheiro. Ele só vai calar quando caducar ou tiver uma overdose.
    Um homem tão inteligente, mas que não consegue usar seu próprio conhecimento para sobreviver sem o uso da língua suja, difamatória e apóstata.
    Mas inteligência e elevado conhecimento não são sinônimos de saúde mental. Indivíduos inteligentes são capazes de falar e cometer grandes loucuras.
    A revista americana USA Today disse que até mesmo um psicopata consegue mostrar inteligência, charme e persuasão.
    Os problemas mentais são também caracterizados por distúrbios e desordens no que uma pessoa fala e pensa.
    Isso explica muita coisa no comportamento de Caio Fábio.
    É evidente que a inteligência humana dele está acompanhada de confusão mental. Caio já foi denunciado defendendo o aborto e o homossexualismo, de acordo com suas próprias declarações, mas seus fãs suspiraram de alívio quando ele negou suas próprias palavras.
    A sabedoria de Deus em nós não é a capacidade de entender tudo no universo. É a capacidade de viver para Deus de um modo que lhe agrade. Não tem nada a ver com alguma inteligência humana especial.
    É inegável que Caio Fábio é um homem com elevada capacidade de retórica, argumentação e persuasão. Mas suas declarações de conhecimentos mirabolantes de extraterrestres e muitas coisas extra-biblicas e seus frequentes “disse-que-não-disse” mostram muito mais do que só confusão mental: revelam um coração sem o genuíno temor de Deus.
    Inteligência humana não é espiritualidade, especialmente quando distorce os ensinos da Palavra de Deus. “Esse tipo de sabedoria não vem dos céus, mas é terrena; não é celestial, mas demoníaca”. (Tiago 3:15 KJA)
    Uma sabedoria terrena sabe usar o Evangelho para entronizar o próprio ego.
    Uma sabedoria terrena sabe astutamente levar os evangélicos à TMI e ao PT, mas ao ser rejeitada os xinga e malha, para a alegria dos humoristas.
    Uma sabedoria terrena quer audiência. No passado, era através de seu status de maior pastor presbiteriano do Brasil. Hoje, através de programas humorísticos, desde que seja levado a sério em sua loucura-inteligência cósmica.
    Se essa loucura-inteligência híbrida for o suficiente para lhe dar um pouco de holofote e trono dentro e fora do mundo gospel, Caio será louco-inteligente o resto da vida.
    O testemunho dele é prova de que muita instrução humana leva a loucuras cósmicas.
    Aquele que sempre instruiu e emburreceu os evangélicos quer prosseguir sua missão, emburrecendo quem quer que entre na esfera do seu “caminho da graça.” Mas ele mesmo possui uma “inteligência” cósmica demais para ser instruído.
    “Ora, é impossível para aqueles que uma vez foram iluminados, experimentaram o dom celestial e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram os benefícios da Palavra de Deus e os poderes da era que há de vir, mas apostataram da fé, sim, é impossível que tais pessoas sejam reconduzidas ao arrependimento; tendo em vista que contra si mesmos estão crucificando outra vez o Filho de Deus, e zombando publicamente dele. Porquanto a terra que absorve a chuva que cai de tempo em tempo, e dá colheita proveitosa àqueles que a cultivam, recebe a bênção de Deus. Todavia, a terra que produz espinhos e ervas daninhas é inútil, e logo será amaldiçoada. Seu fim é ser lançada ao fogo.” (Hebreus 6:4-8 KJA)

    No fim, onde Caio espera os ETs, as coisas poderão ficar muito mais quentes do que suas loucuras cósmicas lhe garantem.

    Fonte: Julio Severo

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença