O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    09 junho 2014

    Agenda imoral sendo instaurada no Brasil: Cerimônia coletiva oficializa união de 30 casais gays


    “Que o amor sempre vença todos os desafios e todas as barreiras. Que seja a grande revolução”, foram as palavras do juiz de paz Hamilton Fernandes, do Cartório do Registro Civil Distrito Mucuripe, durante o casamento de 30 casais homoafetivos na tarde do sábado, 7. No ato coletivo, 23 casais de lésbicas e sete casais gays oficializaram a união civil em meio a sorrisos, lágrimas, promessas e trocas de aliança. A cerimônia ocorreu no anfiteatro da Cidade da Criança, no Centro.

    Vestido branco, flores e arranjos no cabelo. O visual foi caprichado para celebrar uma história que começou há seis anos. “Foi amor à primeira vista”, lembra Jose Meiry Barroso, 35, sobre o dia em que viu Eteile Silva, 28, no Theatro José de Alencar.
    Duas semanas depois, já estavam morando juntas. E comemoraram cada passo conquistado. Há dois anos, formalizaram a união estável homoafetiva. Neste fim de semana, foram declaradas oficialmente casadas. “Ficamos muito ansiosas”, dizia Eteile ao sorrir para as fotos.

    As primeiras a assinar o contrato para divisão de bens foram Glécia Lopes, 40, e Sandra Timóteo Lopes, 48. Oficializaram a união de dois anos, tanto para celebrar a vida a ser compartilhada juntas como para usufruir dos direitos de um casal legalmente reconhecido. “Poderemos assinar uma autorização em casos de emergência, adotar um filho, proteger os nossos bens. Terei a certeza de que, se eu falecer, tudo meu fica para ela”, ressalta Glécia. A atriz e arte-educadora comemorou a presença de mães, pais e amigos de muitos noivos. Para ela, uma prova de que há aceitação de novas configurações de famílias.

    Ao lado de Sandra, participava do casamento o irmão Edilson Lopes. Ele também era um dos noivos. Casou com Elivaldo Moreno, com quem vive há 19 anos após se conhecerem no Terminal da Parangaba. Depois do primeiro encontro, uma pizza. Depois da pizza - muito ruim, eles garantem - a união duradoura. “A vontade de casar era antiga, mas não tínhamos como. Soubemos desta oportunidade e aproveitamos”, contou Elivaldo.

    O casamento coletivo foi iniciativa do vereador Paulo Diógenes (PSD) em parceria com a Coordenadoria da Diversidade Sexual, vinculada à Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH) de Fortaleza. Alternativa bem mais barata para Deusilene Matildes, 22, e Suzane Souza, 24. Juntas há três anos, elas se casariam em julho. “Minha mãe viu a notícia e já me incentivou a fazer a inscrição”, relata Suzane. De vestidos de noiva e buquês, as duas contavam os passos futuros: “Ela (Deusilene) vai engravidar. Eu já tenho um filho, agora quero que a gente tenha uma menina”, planeja.


    Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
    E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
    E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
    Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
    Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
    Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
    Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. (Romanos 1:25-32)

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença