O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    02 maio 2014

    OS SINAIS DO FIM: PORQUE A MÍDIA ESTÁ MANTENDO EM SEGREDO A CRUCIFICAÇÃO DE CRISTÃOS NA SÍRIA?


    Mas membros de uma classe politicamente favorecida (os muslins) estão fazendo isso com uma classe menos favorecida (os cristãos Que tipo de pessoas crucificaria uma criança por causa de sua fé? Talvez você nunca tenha ouvido nada disso, mas mas isso é o que acontece atualmente na Síria. Raghida, a diretora de uma das escolas cristãs em Damasco, falou sobre o horrível evento aonde “Islã ou morte” foi a escolha imposta àos cristões nessa terça-feira durante o apogeu do conflito na Síria e diversas famílias cristas foram afetas pelas atrocidades no centro leste do pais, uma região conhecida pela convivência pacífica entre cristãos e muslins. De acordo com Raghida, alguns radicais muçulmanos forçaram dois adolescentes a fazer a escolha de renunciar a fé ou “morrer como um mestre em quem confiavam,” caso não renunciassem a fé seriam crucificados.
    Os garotos recusaram negar a fé em JESUS CRISTO e por isso foram martirizados. Um deles foi crucificado em frente ao pai (que foi posteriormente assassinado).
    O massacre aos cristāos da cidade de Maaloula afetou homens, mulheres, adolescentes, crianças e até fetos! Os radicais rasgaram mulheres grávidas ao meio e penduraram seus fetos em árvores pelo cordão umbilical. Algumas vitimas tiveram as cabeças decepadas e usadas como bolas de futebol! Um tipo de brutalidade sem precedentes. Um massacre como esse deveria ter sido motivo de manchetes em todo globo, mas até agora temos silêncio... Como mencionamos acima os jihadistas que tem feitos estas e outras atrocidades tem recebidos fundos de países como Arabia Saudita e Estados Unidos da America, eles estão desesperados para derrubar o governo atual da Siria e parecem não ter problemas em se aliarem e patrocinarem grupos inescrupulosos como os jihadistas afim de conseguirem seus objetivos.
    O massacre de cristãos por guerrilheiros patrocinados pelos EUA tem se repetido diariamente por meses e meses. Em pequenas vilas de cristãos ocupadas por guerrilheiros de facções comandadas pela Al-Quaeda e patrocinada pelos EUA, a lei do Shariah foi emitida, e aqueles que não conseguem evacuar a cidade a tempo são presos e forçados a trabalhar com o escravos. Muitos homens acabam decapitados e mulheres são forcadas em casamentos temporários com múltiplos guerrilheiros Islãs. E claro, a Siria é apenas um dois paises aonde cristãos são massacrados DIARIAMENTE. Na Nigéria um massacre aconteceu a poucas horas desta sexta-feira (2 de Maio), entre 100 e 150 cristãos tiverem suas casas incendiadas enquanto ainda estavam dentro, aqueles que tentaram fugir foram mortos a tiros ou retalhados por machetes, por 40 guerrilheiros jihadistas do Fulania que atacaram as vilas Ungwan Gata, Me-Sankwai and Tekum. Aqueles que não conseguiram escapar de suas casas morreram carbonizados, homens, mulheres e crianças. Tem visto essas ouvido essas noticias nos jornais? Provavelmente não.  As informações que a mídia (controlada por uma minoria da elite) transmite, tem um certo tabu em todo mundo ocidental; evitar qualquer noticias que denigram a imagens dos muslins ou que promovam a imagem dos cristãos de alguma forma.    
    Enquanto cristãos são assassinados ao redor do globo, o mundo ocidental faz todo o possível para calar qualquer crítica ao Islã. Na Inglaterra, um líder de um dos partidos políticos do Reino Unido, Paul Weston foi preso por “preconceito” ao citar Winston Churchill durante um discurso público. Paul Weston pode pegar até 2 anos de cadeia por “preconceito agravado” que consistiu em sua citação sobre Churchill. A prisão de Weston é uma manifestação da sutil manipulação que a mídia tem exercido sobre a nossa cultura, que tem destruído a liberdade de expressão comum as culturas ocidentais.  
    A seguinte citação feita por Weston: “A lei Mohamediana que afirma que toda mulher deve pertencer como parte de uma propriedade de um homem, seja como filha, esposa ou concubina, atrasa a extinção da escravidão. Indivíduos Muçulmanos podem deter excelentes qualidades - mas a influencia de sua religião paralisa o desenvolvimento social daqueles que a seguem. Não existe no mundo uma força retrograda tão forte quanto esta crença. Não é somente uma crença moribunda, mas o Mohamedismo é uma fé ofensiva e partidária.”  
    Ninguém ficou sabendo. Muitos cristãos estão sendo crucificados por jihadistas que são patrocinados por grandes países como os Estados Unidos da America e a Arabia Saudita.
    Em Nova Iorque, as escolas já estão à oficializar 2 feriados ou “dias santos” de acordo com os costumes muslins além do ano novo do calendário lunar, em um entrevista no canal  WNYC durante o “Brian Lehrer Show” o prefeito de Nova Iorque Blasio diz ainda não ter certeza sobre o feriado Hindu conhecido como Diwali… Enquanto nos países mulçumanos os cristão são espancados até a morte, crucificados e humilhados com pouca ou nenhuma repercussão na mídia ocidental, nossa sociedade se torna “politicamente correta” e nosso amor fraternal frio o suficiente ao ponto de ignorar esse mal que na verdade acontece em frente dos nossos olhos! Será que nos também seremos forçados a aceitar esses costumes radicais? Talvez em algum aspecto nossa cultura tem se convertido ao Islamismo. Fato é que enquanto nossos irmãos vão sendo chacinados como criminosos, tratados como animais, nossa sociedade tem se tornado cada vez mais hipócritas acolhendo assassinos. CRUZAMOS os braços, CERRAMOS os lábios e VENDAMOS os olhos para nossa família espiritual. Que tipo de fé é essa?!
    “Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;
    Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;
    Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.
    Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
    Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.”

    Infowars

    Tradução  por Daniel Sodre

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença