O ativista gay e deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) teria dito à direção de seu partido que não se candidatará à reeleição caso o pastor Jefferson Barros receba autorização para se candidatar à Câmara dos Deputados.

Barros é um pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo e teria o apoio do pastor Silas Malafaia para arrebanhar votos dos fiéis da denominação.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, Wyllys teria dado um ultimato à direção do PSOL, dizendo que desistiria da candidatura se o pastor tivesse sua pré-candidatura aceita. “A intransigência do deputado tem explicação. Wyllys desconfia que o pastor Jefferson Barros seja um militante infiltrado por Silas Malafaia para impedir a sua eleição”, escreveu Jardim na coluna Radar Online.

Em 2010, Jean Wyllys só foi eleito por conta do coeficiente eleitoral. Com pouco mais de 13 mil votos, o ex-BBB foi beneficiado pela grande votação de Chico Alencar, que conseguiu votos suficientes para dois candidatos do PSOL. Se Barros receber apoio do pastor Silas Malafaia, é provável que tenha mais votos que Wyllys, ocupando sua vaga na legenda caso Alencar repita o desempenho de quatro anos atrás.

Fonte Gospel Hoje


Postar um comentário

  1. esse maldito não deveria nem ter entrado nesse mandato,só falou e fez besteiras o brasil não precisa de gente assim

    ResponderExcluir

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.