O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, acusou o Irã de violar os compromissos internacionais relativamente à redução do seu programa nuclear e conclamou "as grandes potências", que preferiram uma solução diplomática para a crise, a não permitirem ao "regime dos aiatolás" criar armas nucleares.

O primeiro-ministro israelense, que recebe esta sexta-feira, em Jerusalém, o chefe do Pentágono, Chuck Hagel, tem declarado regularmente que é inaceitável enfraquecer a pressão sobre o Irã até que ele abandone completamente da produção
de combustível nuclear. As autoridades israelenses ficaram descontentes com os acordos de Genebra do ano passado, alcançados entre as "grandes potências" e o Irã, que manteve, por sua vez, o direito de enriquecimento de urânio e obteve algum enfraquecimento da pressão externa, e agora buscam parâmetros mais duros do acordo final.

Voz da Rússia

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.