A introdução pelos EUA das sanções contra a Federação Russa comprova que a administração americana avança por uma via que leva a um beco sem saída e conduz o relacionamento entre os dois países a uma nova guerra fria, declarou o premiê da Rússia Dmitri Medvedev na entrevista ao canal de televisão Bloomberg TV.

“Na realidade, estamos avançando devagar mas de uma forma certa rumo a uma segunda guerra fria, de que ninguém necessita”, reputa ele. “A arte de um político consiste em tomar decisões ao máximo comedidas, cuidadosas, finas, intelectuais e inteligentes. Na minha opinião o presidente Obama conseguia isso durante muito tempo. Mas aquilo que se faz agora comprova, infelizmente, que a reserva de semelhantes decisões a disposição da administração dos Estados Unidos está esgotada. Isso é mau e afeta mesmo os EUA”, declarou Medvedev. “O presidente Obama poderia dar provas do maior tino político”.

“É uma grande pena, como se diz, que tudo aquilo que fizemos juntamente com ele, os resultados que obtivemos são agora praticamente multiplicados devido a estas decisões por zero”, lamentou o chefe de governo da Federação Russa.

“Tudo isso vai resultar em nada, simplesmente será trocada a administração dos EUA, em vez de Obama virá um outro presidente e todos irão esquecer das sanções; ninguém vai ganhar nada com isso”.

Voz Da Rússia

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.